Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vídeo mostra desespero de funcionários de hospital após forro desabar e água atingir pacientes

Caso foi registrado no Hospital da Restauração (HR), o maior da rede pública do Estado de Pernambuco, em uma sala onde alguns pacientes estavam intubados

O Liberal

Na tarde desta segunda-feira (2), placas de gesso que compõem o forro do teto do Hospital da Restauração (HR), o maior da rede pública do Estado de Pernambuco, localizada na capital, Recife, desabou em uma área cheia de pacientes e a água de um cano estourado atingiu quem estava na unidade. Imagens de funcionários desesperados tentando tirar às pressas os pacientes – alguns deles estavam intubados – foram compartilhadas nas redes sociais. As informações são do G1 Pernambuco.

A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que 10 pacientes da sala vermelha e 86 pacientes da sala laranja foram removidos provisoriamente e depois retornaram. Segundo o órgão, ninguém se feriu.

O presidente do Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco (Satenpe), Francis Herbert, relatou que há inúmeros problemas estruturais nas unidades de saúde do estado, o que coloca em risco as vidas dos pacientes. "Tinham pacientes graves, intubados e que realmente estão precisando de atendimento, com risco iminente de morte, e o teto caiu, foi água para tudo quanto é canto. Infelizmente essa é a estrutura das nossas unidades de saúde. A gente vem denunciando isso e, infelizmente, o governo e as autoridades não dão atenção", afirmou Francis.

Já o diretor do Hospital da Restauração, Miguel Arcanjo, explicou que o vazamento aconteceu em uma tubulação que extravasou na sala laranja 1 e a água terminou se espalhando também pelas salas vermelha e laranja 2. "Caiu água em paciente, mas teto não. Os pacientes que estavam nas (salas) laranjas e na vermelha foram evacuados, levados para outro setor do hospital. Limpamos todas as áreas e os pacientes estão de volta e, graças a Deus, não aconteceu nada demais, está tudo está sob controle", disse.

Por causa do incidente, o acesso aos visitantes foi temporariamente bloqueado na unidade de saúde.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse que o vazamento de água ocorrido no Hospital da Restauração "se deu por conta do rompimento de uma tubulação de água potável". O caso aconteceu no 1º andar, em uma das salas da enfermaria, e "a vazão da água pressionou duas placas de gesso, fazendo com que cedessem".

A SES afirma também que "o problema foi pontual e não está relacionado a estabilidade estrutural do prédio".

"A equipe de manutenção, que também foi acionada, conteve o vazamento em poucas horas, assim como a equipe de limpeza, que higienizou o local. Por prevenção, foram retiradas outras placas de gesso até o total reparo da tubulação e recolocação das placas", disse.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL