Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Uso pelo SUS do medicamento Paxlovid contra a covid-19 vai à consulta pública

Remédio fabricado pela farmacêutica americana Pfizer já recebeu parecer inicial favorável da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde

O Liberal

Com o parecer inicial favorável da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), apresentado durante reunião realizada nesta terça-feira (12), o processo de incorporação pelo Sistema Único de Saúde (SUS) do medicamento Paxlovid, para tratamento de covid-19, avança no país. Um consulta será aberta nos próximos dias após publicação no Diário Oficial da União (DOU). As informações são da Agência Brasil.

VEJA MAIS

Medicamento para covid da Pfizer mostra eficácia contra Ômicron em laboratório Medicamento reduziu o risco de hospitalização ou morte em quase 90%

Pfizer aprova primeiro comprimido contra a covid-19 Medicamento será vendido com o nome de Paxlovid

Covid: pílula da Pfizer tem 89% de eficácia na prevenção de internações e mortes O antiviral, conhecido como Paxlovid, funcionou quando administrado três dias após o diagnóstico, de acordo com a empresa

A população poderá participar da consulta por meio do site oficial da Conitec. Segundo o Ministério da Saúde, a proposta de incorporação do medicamento seguirá o fluxo normal de avaliação da Conitec e será colocada em consulta pública pelo prazo emergencial de 10 dias.

Composto por comprimidos de Nirmatrelvir e Ritonavir, o Paxlovid é fabricado pela farmacêutica americana Pfizer e indicado para adultos com covid-19 com risco aumentado de progressão para quadros graves da doença e que não precisam de oxigênio suplementar. O uso emergencial do medicamento foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 30 de março.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL