Polícia abate drone que tentava lançar celulares em presídio

Investigação tenta descobrir os criminosos que controlavam o veículo não tripulável

Redação Integrada com informações do Metrópoles

Policiais penais da Casa de Prisão Provisória, do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital, abateram um drone que realizava sobrevoo para tentar lançar celulares em uma das unidades. O caso aconteceu no sábado, 3.

A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP) explicou que os policiais que flagraram o drone esperaram que o veículo não tripulável atingisse altura possível para ser abatido.

A DGAP revelou que o drone carregava um pacote preso com fita transparente com dois aparelhos celulares.

Um procedimento administrativo interno foi instalado para apurar o caso, com o material apreendido encaminhado à Inteligência da Polícia Penal para levantamento de mais informações e providências. Ainda não foram identificados os criminosos que tripulavam remotamente o aparelho.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL