Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marco Feliciano terá que pagar R$ 100 mil à comunidade LGBTQIA+

O pastor mostrou fotos de uma pessoa quebrando a imagem de uma santa e outra enfiando um crucifixo no ânus

O Liberal

O deputado federal e pastor Marco Feliciano (Republicanos-SP) terá que pagar uma multa de R$ 100 mil por danos morais coletivos pelos ataques feitos em 2015 com intenção de proibir a Parada LGBTQIA+.

Na ocasião, o pastor da Igreja Assembleia de Deus, exibiu cartazes com fotos “fakes”. Entre elas, havia a imagem de uma pessoa quebrando uma santa no chão e uma outra enfiando um crucifixo no ânus.

O parlamentar afirmou que fez “duras críticas políticas e ideológicas sobre a atuação da comunidade, mas dentro dos limites impostos pela lei”. Na decisão do processo, o juiz Douglas Ravacci afirmou que o pastor reforçou estereótipos e fomentou a intolerância e discriminação, “tudo sob apelo moral e religioso”.

Marco já foi condenado a pagar indenizações no passado, ainda pode recorrer da decisão.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL