Jovem bate carro zero quilômetro 17 minutos depois de sair da loja

Proprietária pensa em não ajuizar ação judicial contra o culpado pelo acidente: 'parece ser bem humilde'

Com informações do Uol

Uma estudante de fonoaudiologia, de 22 anos, juntou dinheiro e conseguiu comprar sozinha o seu primeiro carro novo, financiado em 60 vezes. Karolyne Torres pegou o veículo na concessionária na última sexta-feira (4), mas apenas 17 minutos depois bateu o carro. O fato, que aconteceu em Brasília, foi relatado por ela no Twitter e viralizou com mais de 200 mil curtidas

 

 

Ela conta que foi colocar gasolina assim que saiu da loja. Na saída do posto, diminuiu a velocidade ao se aproximar de uma faixa de pedestre, passou para a faixa da esquerda — viu que tinha um carro se aproximando — e parou o seu veículo, até que sentiu uma pancada.

"O carro ao meu lado direito estava parando também. Passa quatro segundos e eu senti a pancada. Na hora não acreditei: peguei o carro agora, não é possível que isso esteja acontecendo!", relembra. "Ele, provavelmente, não me viu parada e no chão não tinha marca e o freio nem fez barulho. E ele saiu do carro com o celular na mão, eu vi que ele estava mexendo no celular", acrescenta.

Karolyne ficou desesperada e tentou acionar o seguro, além de avisar a chefe de seu estágio o que tinha acontecido. Ela conta que a outra pessoa envolvida no acidente começou a falar que ela freou bruscamente, mas a versão foi contestada pelos policiais que chegaram depois ao local.

"Quando ele deu a versão, o policial falou que não tinha marca de freio nem que ele tentou esquivar do meu carro, porque pegou em cheio. Hoje ele veio falar comigo, [disse] que não tem dinheiro e que, se eu quiser, é para entrar na Justiça."

Porém, a jovem está pensando se vai prosseguir judicialmente com o caso. "A pessoa que bateu parece ser bem humilde, de não conseguir arcar mesmo [com os custos]. E ele falou que está desempregado e estou pensativa se vale a pena ou deixa para la."

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL