Por causa de DNA negativo, homem mata família de ex-amante e depois se mata

Polícia acredita em surto após companheira descobrir filho fora do casamento

Com informações do G1

Um homem matou cinco pessoas da mesma família em São Vicente, no litoral de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (5), e cometeu suicídio logo em seguida. A polícia acredita que ele teve um surto após a companheira descobrir que ele tinha um filho fora do casamento. Alex Sander já tinha histórico de violência e a mulher pretendia se separar dele por esse motivo.

Depois de atirar na atual mulher - que sobreviveu e segue sem risco de vida -, o homem pegou uma moto e partiu para o Jóquei Clube, onde cometeu os assassinatos em série. Ele entrou na casa, quebrou a janela e atirou contra a ex-amante, a mãe e o padrasto dela, além de uma cunhada e uma filha dela de 19 anos.

Investigação

Alex Sander tinha dois filhos com a atual companheira, uma jovem de 21 anos - que viu ele atirando na mãe - e um adolescente, de 12 anos.

Acreditando que a atual companheira estava morta, ele retornou ao local do primeiro crime. Ao ver a polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o homem se matou. De acordo com a PM, ele teria uma passagem na polícia por porte ilegal de arma e violência doméstica.

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL