Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Garota de programa dopa ex e posta vídeos o estuprando

Mulher é presa por abusar de empresário no apartamento dela

Redação Integrada com informações do G1

A garota de programa Lidia Nayara de Azevedo, de 38, foi presa em Copacabana, na Zona Sul do Rio, acusada de estupro contra o ex-namorado, um empresário de 29 anos. Segundo a denúncia, ela dopou e abusou do ex-companheiro em um reencontro no apartamento dela para uma suposta reconciliação.

Na delegacia, a vítima disse que, na residência de Lidia, tomou uma bebida adulterada e acabou dormindo por quase 24 horas seguidas. Ele despertou quando recebeu telefonemas da mãe, que revelou ter recebido fotos e vídeos comprometedores enviados pela mulher. Nas imagens, ela mostrava a sessão de abusos sexuais.

Segundo a vítima, entre idas e vindas, os dois se relacionavam desde novembro de 2016. Mas o romance era marcado muitas brigas, com registros de ocorrências sob a Lei Maria da Penha.

Lidia exibiu nos vídeos ação de abuso em que inseria dedos e um vibrador no ânus do ex-namorado dopado, imagens que foram postadas em redes sociais e aplicativos de conversa. A vítima afirmou que se sente "humilhada".

De acordo com o delegado Felipe Santoro, titular da 13ª DP, Lidia foi presa temporariamente pelo crime de estupro. Não é a primeira vez que ela tem problemas com a lei. Na ficha há anotações por diversos crimes, como roubo e tentativa de homicídio. Ela foi encaminhada ao sistema prisional.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL