Funcionárias são encontradas mortas em cisterna de motel

Câmeras de segurança desaparecem e os suspeitos deixam um bilhete

Redação Integrada com informações do G1

Duas funcionárias de um motel, Simone de Jesus Garcia, de 53 anos, e Cleide Fernandes Cavalcante, de 52 anos, foram encontradas mortas dentro da cisterna do estabelecimento, em Caiapônia, no sudoeste goiano, neste domingo (13).

A polícia, segundo o delegado Ramon Queiroz, realizou "diligências preliminares no sentido de identificar o autor". Mas até agora não prendeu ninguém. "Toda equipe está empenhada desde o momento do crime. Das vítimas, foi subtraído valores e procuramos o autor", explicou o delegado.

O investigador afirmou que o criminoso deixou um bilhete no local, mas o conteúdo está sob sigilo para não atrapalhar a apuração. Como dinheiro das vítimas foi roubado, o crime passa a ser enquadrado como latrocínio.

Quem chamou a polícia foi a filha de uma das vítimas, que trabalhava no motel. Ela estranhou a demora da mãe para voltar ao trabalho.

O motel, que estava fechado, teve as câmeras de segurança arrancadas.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL