Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-policial é condenado a 22 anos de prisão pela morte de Samudio, mas pode responder em liberdade

O julgamento de José Lauriano durou 18 horas e foi dividido em dois dias

O Liberal

O ex-policial civil José Lauriano de Assis Filho foi condenado, na última quinta-feira (26), a 22 anos de prisão. Ele é acusado de envolvimento na morte de Eliza Samudio e sua sentença foi proferida após decisão do júri popular de Contagem, em Minas Gerais. As informações são do Extra. 

Veja mais:

Júri do ex Policial acusado de envolvimento na morte de Eliza Samúdio pode durar até dois dias
O crime aconteceu há 11 anos

[[(standard.Article) Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime]]

O julgamento de José Lauriano durou 18 horas e foi dividido em dois dias. Apesar da decisão, a mãe de Eliza, Sônia Moura, está insatisfeita - isso porque o réu pode recorrer ao processo para responder em liberdade. "Esse 'podendo recorrer em liberdade' é desolador. Esse é meu sentimento hoje", lamentou. 

QUEM É JOSÉ LAURIANO 

(Reprodução / TV Globo)

O nome do ex-policial já faz parte do proceso há muito tempo. Desde 2010 ele é acusado de envolvimento no assassinato da modelo, mas permaneceu por 11 anos livre. Além da morte em si, Lauriano é acusado de sequestro, cárcere privado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e coação no curso do processo.

Com 10 anos, filho de Eliza Samudio e Bruno é goleiro em escolinha de futebol com o apoio da avó
Ele já coleciona títulos em campeonatos estaduais sub-12 e tem chamando atenção de olheiros

Em julho de 2015 o juiz Elexander Diniz pediu a prisão preventiva do ex-policial, mas ele nunca chegou a ser detido, pois respondeu ao processo em liberdade e é o último envolvido julgado pelo assassinato.

Globo fará série com 'Caso Bruno' e define atores; emissora recebe críticas de torcedores
Ex-goleiro foi preso em 2010 por participação na morte da amante Eliza Samudio. Globo comprou direitos autoriais de livro sobre o crime e produzirá contestada série

OUTROS RÉUS

Todos os réus julgados pelos crimes contra Eliza e seu filho foram condenados, com exceção da ex-mulher de Bruno, Dayane Rodrigues, que foi absolvida. Saiba quem são os outros réus:

(Reprodução/Internet)

1. Fernanda Gomes de Castro: era uma das namoradas de Bruno na época e foi condenada a cinco anos de prisão pelo sequestro e cárcere de Eliza e Bruninho. Cumpriu a pena em liberdade e hoje atua como advogada;

2. Luiz Henrique Romão, o "Macarrão": conhecido por ser o braço direito de Bruno, ele foi sentenciado a 15 anos de prisão por homicídio qualificado. Uma confissão parcial do crme, entretanto, o colocou em regime semiaberto há quatro anos;

3. Bruno: é acusado de ser o mandante do caso e, assim como "Macarrão", cumpre a pena em regime semiaberto; 

Bruno diz que tem consciência tranquila e não reconhece o filho com Eliza Samudio
O goleiro afirmou que só vai reconhecer a criança depois que um exame de "DNA" comprovar o vínculo

Goleiro Bruno fala da morte de Eliza Samudio: 'Foi uma situação que saiu do meu domínio'
Ex-Galo e Flamengo afirmou ainda que quer ter uma oportunidade de contar o que aconteceu ao filho Bruninho, e reclamou sobre criticas sobre volta ao futebol

Goleiro Bruno é liberado pela Justiça para morar e jogar no Mato Grosso
O jogador foi condenado a mais de 20 anos de prisão por participação na morte de Eliza Samudio, mãe de seu filho, e cumpre pena em regime semiaberto em MG

4. "Bola": ex-policial, ele teria sido apresentado a Bruno e Macarrão por Zezé, e foi condenado a 22 anos de prisão. Até março de 2020 ele trabalhava durante o dia e voltava para a Casa de Custódia à noite para dormir. Com o início da pandemia, ele foi liberado para o regime domiciliar. 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL