Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cadeiras do estádio Pacaembu são vendidas por até R$ 1,8 mil em loja de departamento

Segundo o anúncio, todo o valor arrecadado será doado para a Fundação Gol de Letra, uma organização sem fins lucrativos

Paula Figueiredo

As cadeiras e bancos retirados do estádio Pacaembu, em São Paulo, estão sendo vendidos por uma loja de departamento com valores entre R$ 1.499 e R$1.799. Segundo o anúncio da comercialização, todo o valor arrecadado será doado para a Fundação Gol de Letra, uma organização sem fins lucrativos que contribui para a educação de crianças e jovens socialmente vulneráveis. 

VEJA MAIS

Palmeiras deve quebrar novo recorde milionário de arrecadação com bilheteria dos jogos; saiba mais
Verdão vive boa fase, que reflete diretamente no faturamento com venda de ingressos nos jogos no Allianz Parque

Mulher ganha mais de R$ 804 mil em loteria e distribui parte do prêmio com estranhos
Ela não ficou com o presente só para si e distribuiu cartões-presente para estranhos aleatórios em uma loja

No site da Tok & Stok, os modelos estão disponíveis na altura convencional e mais alta. "O sol, a chuva, o suor e as lágrimas deixaram manchas e arranhões que as fazem únicas por serem verdadeiras, e que são propriedades e características inerentes ao design do produto”, diz o anúncio, alegando que se trata de um produto numerado, único e original. Veja:

Cadeiras vendidas no site da loja de departamento Tok & Stok. (Foto: Site Tok & Stok)

Estádio passa por reformas

Inaugurado em 1940 no estilo art déco, o estádio passa por grandes mudanças, inclusive na sua estrutura. A Allegra Pacaembu, responsável pelo espaço pelos próximos 35 anos, está prevendo um investimento de 400 milhões no local, que inclui uma modernização na instalação, respeitando a área de preservação do patrimônio histórico, criação de um centro de reabilitação e arena para e-sports.

"Nosso desejo é manter viva a história do Pacaembu e essa obra será executada com todo zelo e respeito ao patrimônio, orientada para o futuro, iniciando uma nova fase desse ícone de São Paulo", afirmou Eduardo Barella, CEO da concessionária.

(Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão de Luiz Cláudio Fernandes, editor web de O Liberal.com)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL