Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Machu Picchu em um fim de semana

Rodrigo Vieira e Érica Castro
Sítio arqueológico de Machu Picchu, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. (Rodrigo Vieira)

O Bagagem de Bolso teve o privilégio de conhecer Machu Picchu, local mais visitado no Peru e um dos mais procurados na América Latina. Visitamos um dos centros urbanos mais importantes da civilização Inca em maio de 2016 e ficamos apaixonados pela beleza e energia do lugar.

Na língua quéchua, falada até hoje por cerca dez milhões de pessoas de diversos grupos étnicos de países da América do Sul, Machu Picchu significa “montanha velha”. De fato, a cidade Inca está localizada sobre uma montanha de granito e acomoda surpreendentes construções erguidas com pesados blocos de rocha. Não à toa foi eleita, em 2007, uma das Sete Maravilhas do Mundo. E vamos te mostrar como chegar lá!

• Viagem de trem

Optamos por chegar a Águas Calientes, cidadela aos pés de Machu Picchu, de trem. Embarcamos na estação Poroy, próxima a Cuzco. A viagem, que é uma delícia, dura cerca de 3h15. Você pode escolher entre duas companhias: a Peru Rails ou Inca Rail. Os preços variam de acordo com a categoria escolhida. Fomos pela Peru Rail em um trem chamado VistaDome, que tem parte do teto em vidro transparente, o que permite ter uma visão ainda mais interessante da paisagem. 

trem para machu picchu 300420

• Águas Calientes

Também conhecida como Machu Picchu Pueblo, a cidade fica às margens do rio Urubamba, em meio à selva. Tem altitude de quase 2.400 metros acima do nível do mar e um clima subtropical úmido. No passado, era utilizada como um centro de manutenção da linha férrea. Nas últimas décadas, tornou-se um vilarejo turístico com várias e boas opções de hospedagem, de restaurantes e de entretenimento aos visitantes. 

Águas Calientes é a última parada antes de Machu Picchu. Então, uma opção é passar a noite por lá para descansar e, no dia seguinte bem cedinho, pegar o micro-ônibus rumo ao sítio arqueológico. A parte final da viagem dura uns 30 minutos. A vantagem de embarcar logo pela manhã é que você enfrentará um sol mais brando, menos filas e poderá aproveitar toda a energia de Machu Picchu sem pressa. 

águas calientes 300420

• Sítio arqueológico de Machu Picchu

Além de ser uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, a cidadela “perdida” dos Incas também foi declarada como Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade pela Unesco. No alto da Cordilheira dos Andes, 
está a 2.350 metros acima do nível do mar. Os enormes blocos de rocha unidos sem uso de argamassas impressionam quem visita o local. Os mistérios da enigmáticos das construções antigas atraem turistas de todo lugar. 

Construída no século XV, sob as ordens de Pachacuti [guerreiro, conquistador e imperador Inca], Machu Picchu foi descoberta apenas em 1911. Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original. É dividida em duas grandes áreas: a agrícola, formada por terraços e recintos de armazenagem de alimentos, e a urbana, que abriga a zona sagrada com templos, praças e mausoléus reais. 

No meio das montanhas, os templos, casas e cemitérios de Machu Picchu estão distribuídos de maneira organizada, abrindo ruas e aproveitando o espaço com escadarias. Segundo a história Inca, tudo planejado para a passagem do Deus Sol. 

machu picchu peru 300420

PLANEJE SEU PASSEIO

Lugar: Machu Picchu, Peru.

Atração: Sítio Arqueológico.

Horário de visitação: das 6h às 12h e de 12h às 17h30.

Ingresso: a moeda do Peru se chama Novo Sol cujo o símbolo é PEN. Explicado isso, o valor para entrar no sítio arqueológico é de PEN 152 por pessoa, o que equivale à cerca R$ 146. Se quiser subir a montanha de Huayna Picchu, em frente à Machu Picchu, é preciso pagar mais PEN 48, por volta de R$ 45.

Site para reservar o ingresso

Melhor época para visitar: de abril a outubro.

Dica do Bagagem: programe a sua viagem com antecedência, pois apenas 2.500 pessoas podem visitar Machu Picchu por dia.

Palavras-chave

Lá Fora
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BAGAGEM DE BOLSO