Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Varíola dos macacos: Brasil registra primeiros casos da doença em crianças

Além do Brasil, já foram registrados três casos da varíola dos macacos em crianças: dois nos Estados Unidos e um na Holanda. Todas seguem em isolamento e estão sendo monitoradas.

Rayanne Bulhões

Os primeiros casos de varíola dos macacos em crianças foram confirmados no Brasil, nesta quinta-feira (28). A doença, também chamada de monkeypox, foi diagnosticada em três crianças de São Paulo. Todas seguem em isolamento e estão sendo monitoradas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o órgão está com toda a operação de atendimento, diagnóstico e monitoramento. “A rede foi capacitada e conta com insumos para coleta de amostras das lesões cutâneas (secreção ou partes da ferida seca) para análise laboratorial", diz na nota.

VEJA MAIS

Varíola dos macacos: doença ainda não foi detectada no Pará, diz Sespa
Autoridades alertam para o monitoramento dos sintomas

Varíola dos macacos: Saúde vai ativar Centro de Operação de Emergência para conter surto no País
Ministério anuncia criação de grupo que montará Plano de Contingência para surto da doença, além de buscar vacinas

Quando a vacina contra a varíola dos macacos chega ao Brasil?
A vacinação contra o vírus Monkeypox já está sendo realizada em alguns países da Europa e da América do Norte

No mundo, já foram registrados três casos da varíola dos macacos em crianças: dois nos Estados Unidos e um na Holanda.

Varíola dos macacos no Brasil

Até esta quarta-feira (27), o Brasil havia registrado 978 casos de varíola dos macacos. Confira as notificações por estado:

  • São Paulo: 744
  • Rio de Janeiro: 117
  • Minas Gerais: 44
  • Paraná: 19
  • Distrito Federal: 15
  • Goiás: 13 Bahia: 5
  • Ceará: 4
  • Santa Catarina: 4
  • Rio Grande do Sul: 3
  • Pernambuco: 3
  • Rio Grande do Norte: 2
  • Espírito Santo: 2
  • Tocantins: 1
  • Mato Grosso: 1
  • Acre: 1
Saúde
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!