Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vacina contra covid: Pessoas com mais de 50 anos serão liberadas para receber a quarta dose

Apesar do anúncio de liberação, algumas cidades já estavam realizando a imunização deste público alvo há alguns meses

Maiza Santos

Pessoas com idade a partir de 50 anos serão liberadas para receber a quarta dose (ou a segunda dose de reforço) da vacina contra a covid-19. Nesta quinta-feira (2), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que a vacinação será ampliada para todos que tiverem mais de 50 anos e profissionais da saúde.

VEJA MAIS

Belém começa a aplicar dose de reforço contra covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos
A nova fase de imunização começa nesta terça-feira (31)

Covid-19: inchaço do rosto, impotência e urticária; veja as 30 sequelas já detectadas
Atualmente, há mais mais de 50 decorrências diferentes relatadas pós-infecção pela doença

Segundo o ministro, a liberação valerá a partir da semana que vem. Todas as pessoas que tomaram a terceira dose há pelo menos quatro meses, poderão procurar as unidades de saúde e receber mais um reforço do imunizante.

Até o momento, a pasta só havia permitido que a quarta dose fosse aplicada em pessoas com 60 anos ou mais, além de imunossuprimidos.

Vacinação pelo Brasil

Apesar da liberação para todo o país começar a valer na próxima semana, algumas cidades já haviam liberado a quarta dose para esse público. Confira:

  • Macapá e Maceió iniciaram a vacinação de pessoas com 50 anos ou mais na última quarta-feira (01/06);
  • Manaus começou a vacinar este público desde o início de maio. 
  • Paraná autorizou a aplicação da quarta dose em pessoas com menos de 60 anos na semana passada.
  • Piauí liberou na mesma data a vacinação para toda a população a partir dos 18 anos.
  • Distrito Federal também havia liberado a imunização desse público há alguns meses e, inclusive, já irá iniciar a aplicação da segunda dose de reforço na sexta-feira (3).

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Saúde
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!