Conheça as quatro princesas do Rainha das Rainhas 2020

Bruna Lima

Os títulos de princesas do concurso Rainha das Rainhas 2020 ficaram entre os clubes do Bancrévea, Assembleia Paraense, Grêmio Literário Português e Guará Acqua Park.  A decisão dos jurados levou o público ao delírio com a divulgação dos resultados, já por volta de 2h30 deste domingo.

A primeira princesa ficou com Rayssa Ribeiro do Bancrévea. A segunda princesa ficou com Isabela Brabo da Asssembleia Paraense. A terceira princesa Beatriz Galvão e a quarta princesa Vitória Reis do Guará Acqua Park. Elas ganharam, cada uma, bolsa de 50% de desconto para fazer um curso de ensino superior ou de pós-graduação na Fibra e 50% de desconto na academia Fit4you.

Apesar de esperar o título de rainha, Rayssa Ribeiro disse que comemora o título de primeira princesa, já que foram vários dias sem dormir e muito esforço e união por parte da equipe. "A minha fantasia tem o tema de Las Vegas e eu interpretei uma bandida, que seduz todos que passam pelo cassino para roubar o dinheiro", explica a princesa. O estilista da fantasia foi Ronald Rubens.

Isabela Brabo, que ganhou o título de segunda princesa, interpretou uma dançarina asteca. Ela disse que já esperava ficar entre as vencedoras, pois teve segurança do trabalho que construiu ao lado do estilista, coreografo, maquiador e entre outros.

"Eu já esperava. A minha fantasia foi feita pelo melhor estilista, a minha coreografia pelo melhor coreógrafo e a maquiagem pelo melhor maquiador. Portanto, eu tinha certeza que estava entre as vencedoras", destaca a segunda princesa, que teve a fantasia feita por Carlos Amilcar e Cristina Lobato.

A terceira princesa, Beatriz Galvão, disse que se esforçou ao máximo para a conquista do título e mesmo não sendo a rainha, ela disse que se sente como se fosse. "Eu fiz tudo o que podia fazer, deu meu melhor", disse a jovem. Beatriz representou fênix e disse que a escolha do tema foi em homenagem ao pai.

Somente há três anos participando do concurso, o clube Guará Acqua Park vibrou com o título de quarta princesa.  Vitória Reis disse que se sente orgulhosa, pois diante de tantas candidatas fortes e de clubes já consagrados no concurso o clube que ela representou vem ganhando destaque.

Vitória representou a índia Indaiá, que é uma índia que quando percebe queimadas na Amazônia se transforma em onça para espantar os responsáveis pela degradação da floresta. "Está sendo uma das maiores emoções da minha vida, estou muito feliz e orgulhosa com esse momento", disse a quarta princesa.

Para o presidente da Assembleia Paraense, Afonso Lobato, o resultado foi uma surpresa, pois ele esperava que Isabela fosse a vencedora, pois considera que ela teve o melhor desempenho e a melhor fantasia do concurso.

"Sendo honesto, me sinto um pouco decepcionado, pois esperava mais. Mas respeito os jurados e respeito as outras candidatas, que com certeza lutaram bastante pela conquista", disse . O clube participa do concurso há 74 anos e coleciona 15 títulos. 

Evaldo Silva, presidente do Bancrévea, disse que o clube participou do concurso preparado para ganhar, mas que a conquista do título de princesa vai mantar acesa a comemoração do clube. "Nós trabalhamos em equipe para a escolha da candidata, da fantasia e de tudo que envolve o concurso. O Bancrévea participa do concurso há 74 anos e é uma honra fazer parte dessa festa", disse o presidente do clube.

Após o resultado, as princesas foram premiadas e receberam a vibração de familiares, equipe e da torcida.  Vitória Reis foi uma das vencedoras que fez questão de ir ao encontro da torcida para agradecer o apoio recebido durante o desfile. 

Notícias
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!