Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vereadores aprovam título de cidadão de Belém para Goleiro Vinícius e Whindersson Nunes

Projetos de decreto legislativo concedendo o título de cidadão de Belém a personalidades conhecidas no Estado ou nacionalmente, foram aprovados nesta terça

Redaçao Integrada

Os vereadores de Belém estão homenageando várias personalidades com título honorífico de Cidadão de Belém. Depois do ex-jogador do Remo Eduardo Ramos, aprovado na semana passada, foi a vez do Goleiro Vinícius e do youtuber, comediante e cantor Whindersson Nunes também serem lembrados.

Durante a sessão desta terça-feira (08), projetos de decreto legislativo concedendo o título de cidadão de Belém a personalidades conhecidas no Estado ou nacionalmente, foram aprovados. Além de Vinícius e Whindersson, também foram lembrados os jornalistas Augusto Santos (Republicanos), Amaury da APPD (PT), José Dinelly (PSC) e Emerson Sampaio (PP), e o jornalista Fabiano Villela, da TV Liberal. 

O vereador Mauro Freitas (PSDB), que apresentou alguns dos projetos, citou os homenageados, entre eles o goleiro Vinícius, que representa a bancada do Republicanos na Câmara Municipal de Belém e cujo título vai ser concedido por proposta do próprio Mauro.  

“Grande vereador que está representando muito bem a nossa capital, através do nosso clube do Remo. E o vereador Amaury, que já é cidadão de Mosqueiro. É uma honra homenageá-los e com certeza esse título é uma representatividade de toda a população de Belém”, declarou.

O vereador Bieco (PL) foi quem propôs a concessão do título a Whindersson Nunes. Em fevereiro desse ano, o prefeito Edmilson Rodrigues, publicou pelas redes sociais um agradecimento ao comediante pela doação de 25 oxímetros à prefeitura de Belém.

Já a homenagem a Fabiano Vilela foi apresentada por Fernando Carneiro (PSOL). Ao falar sobre o assunto, o parlamentar lembrou que Fabiano está em Belém há mais de onze anos e tem feito reportagens e usado o jornalismo para apresentar, entre outras informações, os dados do desmatamento na Amazônia ou a situação indígena. “Acho extremamente louvável que a gente possa homenagear o jornalista”, declarou.

Fernando lembrou que esta é uma das funções da Câmara, mas defendeu que o legislativo não se prenda apenas a isso. “Acho que é um bom debate que a gente faz. Tem pessoas que dedicaram sua vida a construir uma cidade melhor e essas pessoas precisam ser de fato homenageadas. O problema não é homenagear, é só fazer isso. Isso a gente não pode fazer. O que a gente tem é que debater projetos para melhorar a cidade. Se a gente só concede títulos e não debate o futuro da cidade, é problemático. Então, a gente precisa sair daqui com essa lição”, avaliou.

Os projetos aprovados na manhã desta terça-feira foram: autoria vereador Mauro Freitas (PSDB) - Concessão de Medalha Condecorativa Brasão D’armas de Belém, ao Cabo BM Anderson Rogério de Souza Linhares; Autoria vereador Mauro Freitas (PSDB) - Concessão de Título Honorífico de ‘Cidadão de Belém’ aos vereadores: Augusto Santos (Republicanos); Goleiro Vinícius (Republicanos); Amaury da APPD (PT); José Dinelly (PSC); Emerson Sampaio (PP); Autor vereador Fernando Carneiro (Psol)- Concessão do Título Honorífico de Cidadão de Belém a Fabiano Villela dos Santos; Autor vereador Lulu das Comunidades (PTC)- Concede o Título Honorífico de Honra ao mérito ao Sr. Raimundo Guimarães Feliz; Autor vereador Bieco (PL) - Concessão do Título Honorífico de Cidadão de Belém ao comediante, ator, cantor Whindersson Nunes; Autor Túlio Neves (PROS) - Concede a medalha ao “Mérito Cultural e Patrimônio de Belém” à cantora Fran Martins.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA