Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Transexual, Thammy Miranda é pré-candidato em partido conservador para 'levar debate'

Segundo o empresário, a ideia não é se definir como "esquerda" ou "direita", mas debater diversidade nos partidos conservadores

Redação Integrada, com informações da BBC

O ator e empresário Thammy Miranda, de 37 anos, deve ser candidato a vereador em São Paulo, pelo Partido Liberal, conforme matéria publicada pela BBC Brasil. Ele tentou se eleger em 2016, pelo PP, mas não conseguiu, tendo 12,4 mil votos.

Transexual, Thammy ganhou visibilidade nas redes sociais nos últimos dias após virar garoto propaganda de uma campanha de Dia dos Pais, da empresa Natura. Por um lado, teve que lidar com ameaças de boicote, palavrões e ofensas, e figuras como o pastor Silas Malafaia e o deputado federal Eduardo Bolsonaro disseram que Miranda não poderia ser pai de Bento, de 6 meses, pelo fato de ser um homem transexual. Influencers conservadores convocaram seguidores a nunca mais comprarem produtos da Natura.

Por outro lado, teve a repercussão positiva e mensagens públicas de apoio de personalidades como o ator Bruno Gagliasso e o youtuber Whindersson,. Thammy vê crescimento recorde em sua redes sociais - só no Instagram, ele tem quase 3 milhões de seguidores.

"É engraçado que os haters acabaram fazendo tudo isso. As pessoas que são contra é que deram essa visibilidade toda", avalia o filho da cantora Gretchen. Em meio aos ataques religiosos, ele diz que "tudo o que toca é próspero". "Sou muito temente a Deus e acredito que ele não faz nada em vão. Se vim como vim ao mundo, com certeza eu tenho uma missão", diz.

Sobre o partido, Thammy afirma que fundou o núcleo de diversidade. "Na esquerda já se fala sobre isso, já entendem sobre isso. Na direita não, e é lá que a gente tem que conquistar o nosso espaço", afirma. Ele ainda garante que não é "comunista, nem conservador, nem nada. Sou progressista".

Em 2014, já conhecido em todo o país, Thammy anunciou ser um homem transexual e começou um processo de transição sob os holofotes da imprensa e das páginas de fofocas. "Minha militância é desde a hora que eu acordo. As pessoas me conhecem. Quando vou a um restaurante e as pessoas ficam vendo em que banheiro vou entrar eu já estou militando", diz.

Quanto à candidatura, ele disse que sua rotina é a mesma de antes. "Sigo fazendo o que já fazia. Só o que a gente ampliou agora foi que, por conta da covid, eu entendi que a necessidade das pessoas de se cuidarem é muito grande, então a gente foi atrás de parceiros e amigos para poder fazer sanitização nas comunidades. Mesmo não sendo político, vereador, mesmo não tendo cargo algum, eu sempre fiz ações sociais, sempre foi muito importante para mim cuidar das pessoas", disse.

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA