Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ministro Kassio Nunes Marques recebe prêmio e comenda em Belém

Filho de pai bragantino, ministro do STF foi condecorado pela ONU e pelo Tribunal de Justiça do Pará

Eduardo Laviano / O Liberal

O ministro Kassio Nunes Marques do Supremo Tribunal Federal esteve em Belém nesta sexta-feira (26) para receber o Prêmio Segurança Humana, em cerimônia ocorrida na sede do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA).

A honraria é concedida pelo Comitê Permanente da América Latina de Prevenção do Crime, do Programa do Instituto Latino Americano das Nações Unidas para Prevenção do Crime e Tratamento do Delinquente. Nunes Marques recebeu ainda comenda do Poder Judiciário do Estado do Pará, a Medalha da Ordem do Mérito Judiciário, no grau Grã-Cruz, de acordo com o Tribunal, pela "excepcional compostura profissional, técnica e ética no desempenho de sua função". 

Filho de pai bragantino, o professor e dentista Raimundo Marques, Nunes lembrou que o Pará fez parte da sua vida, não só nas visitas ao Estado, mas também na criação que ele teve dentro de casa, do pai e da mãe Carmen Dolores Marques, também professora. 

"Agradeço não somente aos desembargadores mas todos os anfitriões que me receberam com essa calorosa acolhida. Estreitos laços ligam minha família e a mim ao Pará. Aos oito anos meu pai mudou-se para o Piauí, onde nasci, mas os vínculos foram mantidos. Frequentemente voltamos a Bragança e a Belém. Estar aqui é uma grande alegria", disse ele ao receber a honraria.

Nunes Marques acredita que TJPA, ao receber o evento, amplia o espaço da necessidade da discussão de adoção, em países marcados pela desigualdade, de políticas públicas pautadas pelo conceito de segurança humana, pois, na opinião dele, não há paz sem segurança e não há segurança sem uma justiça penal inteligente, seara na qual o TJPA é referência.

"Temos desafios urgentes, como a necessidade de erradicação da pobreza, que atingiu 209 milhões de latino-americanos, 33% da população sem o mínimo de dignidade humana. Sendo filho de pai e mãe professores aprendi desde cedo que a educação é um bom caminho", afirmou ele, que também se autoproclamou o "homem feliz" que o poeta russo Vladimir Maiakovski imaginou existir no Brasil. "No dia de hoje esse homem certamente sou eu", disse. 

Célia Regina de Lima Pinheiro preside o TJPA e disse que entregar a comenda e sediar a cerimônia foi uma imensa satisfação, não só por se tratar de Nunes Marques, um homem de raízes paraenses, mas também por ele ser o primeiro brasileiro a receber o Prêmio Segurança Humana, que foi instituído pela Organização das Nações Unidas em 2013.

"Ficamos deveras honrados de conceder tal comenda como símbolo do reconhecimento dos extensivos serviços prestados como advogado, desembargador e agora como ministro, com profundo conhecimento dos direitos humanos e institucionais. É um justo reconhecimento, que tem marcado sua atuação com produtividade e rapidez e foco na transição para o digital. É um homem com aguda visão de futuro, como a que precisamos agora na Justiça do Brasil", afirma. 

Participaram ainda da cerimônia o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), a Ministra da Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez Rivas, o Presidente da Corte Nacional de Justiça do Equador, Iván Patricio Saquicela Rodas, o Secretário-Chefe da Casa Civil do Pará, Iran Lima, e os pais do ministro Nunes Marques.

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA