Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Leona Vingativa nega filiação com partido político: 'Estão doidos?'; vídeo

Em um vídeo, a influencer e cantora paraense afirmou que compareceu ao evento após receber um convite para participar de um congresso de mulheres

Fabyo Cruz

Leona Vingativa se manifestou nas redes sociais, na tarde deste domingo (5), sobre a suposta filiação com o partido político União Brasil. Em um vídeo publicado no Instagram, a influencer e cantora paraense afirmou que compareceu a um evento ligado ao partido de direita após receber um convite para participar de um congresso de mulheres e negou que tenha firmado um acordo com a legenda. Veja o vídeo:

"Vocês estão doido (sic) com negócio de Bolsonaro? Já vou escrotear com vocês", inicia ela, em tom descontraído. "Eu não apoio o Bolsonarismo. Chegou um convite pra mim (...) sobre o congresso de mulheres. Eu me senti honrada e fui. Não sabia direito o que era. (...) Meus amigos estavam lá e, inclusive uma mana, trans, se filiou ao partido e eu simplesmente apoiei ela", continua, ela, na gravação.

A influencer também divulgou um posicionamento oficial em que afirma que sempre amigos a convenceram de que "a política seria um caminho" para que ela realizasse o sonho de "entrar na universidade". 

"Eu comecei a sonhar com isso, mas não me senti preparada porque não entendo muito bem de política. Então afirmei que não queria ter vínculo com o partido, mas que iria apoiar meu amigos, assim como eles apoiaram minha carreira", disse. 

Na sequência, Leona pontua que "se existe algum documento de filiação isso será desfeito" e destaca não ter se "filiado de forma consciente". 

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA