Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Em entrevista, Paulo Roseira defende incentivos fiscais e facilidades para construção civil

Uma das prioridades do político e engenheiro é melhorar o ambiente de negócios no Pará

Elisa Vaz

Melhorar o ambiente de negócios é uma das prioridades de Paulo Roseira (Agir), candidato ao Governo do Pará nas eleições deste ano e entrevistado pelo Grupo Liberal na tarde desta quarta-feira (21). Segundo ele, o cenário atual no Estado impede que novas empresas se instalem localmente. Os incentivos fiscais, na opinião do candidato, são uma boa estratégia para cumprir esse papel.

VEJA MAIS

‘Sou totalmente favorável ao piso’, diz Paulo Roseira sobre salário da enfermagem
Eleições 2022: Candidato do Agir ao Governo do Estado foi entrevistado pelo Grupo Liberal nesta quarta-feira

Candidato ao Governo, Paulo Roseira quer levar as artes marciais para as escolas
Em entrevista ao Grupo Liberal, o político do Agir falou sobre suas propostas para a educação

Candidato a governador, Paulo Roseira é entrevistado hoje pelo Grupo Liberal
Entrevista será transmitida ao vivo, a partir das 15h pelas principais plataformas do Grupo

"Quando alguém quer me contratar vou atrás dele, facilito. Tem que fazer isso. É um absurdo o que é cobrado de ICMS. Qual empresa vai se instalar no Pará e pagar a energia mais cara do Brasil? Ela corre para o Amazonas e a gente vai perdendo espaço. Queremos tornar o mercado atrativo para os empresários que estão aqui permanecerem", afirmou. ICMS é o imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação.

Uma área que seria beneficiada em um eventual governo de Roseira é a construção civil. O candidato, que é também engenheiro, quer "desonerar tudo" dentro da construção civil, com o intuito de facilitar reformas e construções de casas.

"Venho da construção civil, tenho algumas ideias, e a infraestrutura é uma delas. Ela responde rapidamente à economia, fomenta toda uma gama de pessoas e é o carro-chefe. Muito se fala em outros segmentos, mas sem o engenheiro não tem construção de hospital", destacou. Entre os projetos está a criação de pontes para o Marajó, Barcarena e entre Outeiro e Mosqueiro.

Reveja a entrevista

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA