Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Duciomar apresenta melhora e poderá respirar sem suporte já nesta terça-feira

O político recebeu alta da UTI, na tarde do último sábado (4). Ele está em tratamento desde o dia 2 deste mês, quando foi internado com quadro de pneumonia.

Sérgio Chêne

Há quatro dias internado, o ex-prefeito de Belém Duciomar Costa, 66, segundo a equipe médica do Hospital Adventista de Belém, demonstra um quadro de estabilidade. De acordo com a sobrinha de Duciomar, a médica Aranda Costa, a qual o acompanha desde o início do tratamento contra a pneumonia, nesta terça-feira, 7, o suporte de oxigênio poderá ser retirado devido o avanço nas condições clínicas, e uma nova tomografia deve ser realizada.

“Está com meio litro apenas de oxigênio, isso quer dizer que amanhã, provavelmente, tentaremos retirar o suporte de oxigênio”, garantiu a médica. O resultado dos exames laboratoriais desta segunda-feira, 6, foi satisfatório. “Ele melhorou muito. Comparado aos últimos dias, hoje foi a melhor resposta clínica”, disse a médica. Duciomar Costa não tem previsão de alta e está internado há quatro dias no hospital localizado na avenida Almirante Barroso.  

“Iniciamos assim que ele internou com três litros de oxigênio. Com a melhora do paciente, vamos reduzindo até o completo ‘desmame’. Quando chegamos a meio litro de oxigênio é que estamos próximo de retirar completamente”, informou a sobrinha de Duciomar. 

Duciomar Costa segue recebendo tratamento no Hospital Adventista de Belém. O político recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na tarde do último sábado (4), onde recebia tratamento desde o dia 2 deste mês, quando foi internado na unidade com quadro de pneumonia.

Costa sofre de uma doença neurológica degenerativa que provoca paralisia motora. Segundo Aranda Costa, o quadro vem sendo investigado há cinco anos, mas ainda não houve um diagnóstico confirmando que é Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A médica garantiu que pneumonia não teria qualquer relação com uma suposta fragilidade do sistema imunológico do político, a ser provocada pela doença degenerativa.

Trajetória

Duciomar Costa iniciou a carreira política em Belém e elegeu-se pela primeira vez como vereador no ano de 1988. Foi reeleito em 1992, com cerca de cinco mil votos, quando exerceu dois mandatos entre janeiro de 1989 e janeiro de 1995. Já em 2002, Duciomar chegou ao Senado com pouco mais de um milhão de votos. No segundo ano como senador, o político renunciou ao mandato após vencer a eleição para prefeito de Belém, deixando a vaga para o suplente Flexa Ribeiro. Dois anos depois, Duciomar Costa foi eleito para a Prefeitura de Belém, derrotando a oponente Ana Júlia Cerepa. Reelegeu-se em 2008, na disputa contra José Priante. 

Investigado

O ex-prefeito e ex-senador Duciomar Costa é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de mal uso de verbas públicas e atos de corrupção em grande parte das obras sob a sua gestão, realidade que levou à condenação em processos investigativos deflagrados durante o tempo em que esteve como  prefeito de Belém

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA