Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Denúncias de assédio derrubam vice-presidente da Caixa

Funcionária acusou Celso Barbosa de assédio sexual. Denúncias também dão conta da participação dele nos casos envolvendo Pedro Guimarães

O vice-presidente de Negócios e Atacado da Caixa Econômica Federal, Celso Barbosa, renunciou ao cargo nesta sexta-feira, 1º. Barbosa seria uma espécie de facilitador nos casos de assédio envolvendo o ex-presidente da instituição, Pedro Guimarães, e também é acusado na única denúncia de assédio sexual formalizada na ouvidoria da Caixa. As informações são do jornalista Valdo Cruz, da Globo News.

A carta de renúncia do então vice-presidente foi entregue ao Conselho de Administração nesta sexta e, à tarde, ele se despediu da equipe e fez um discurso em que negou a acusação contra ele e chegou até a chorar. Apesar disso, a situação de Barbosa era considerada “insustentável”.

O escândalo das denúncias de assédio na Caixa provocou também o pedido de demissão de Guimarães, que foi substituído pela economista Daniella Marques. A cerimônia de posse da nova presidente está agendada para a próxima terça-feira, no Palácio do Planalto.

Os casos estão sendo apurados pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e Tribunal de Contas da União.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA