Cartão de vacinação de Bolsonaro terá sigilo de até 100 anos

Justificativa do Planalto é de que dados "dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem" do presidente

Redação Integrada com informações do Metrópoles

O Palácio do Planalto decretou sigilo de até 100 anos ao cartão de vacinação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), incluindo informações sobre as vacinas que o presidente recebeu ou não.

A descoberta veio após a coluna do jornalista Guilherme Amado, da revista Época, fazer o pedido de transparência, baseado na Lei de Acesso à Informação (LAI). A Presidência respondeu que os dados “dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” do presidente e impôs sigilo ao material.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA