Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vítima encontrada na praia do Sapo foi morta pelo próprio marido

O corpo de Joseane foi encontrado por populares e a suspeita inicial era de afogamento

O Liberal

Francisco Bento da Conceição, de  38 anos, conhecido como "Primo", confessou ter assassinado a própria esposa, Joseane, 22, na madrugada da última sexta-feira (24), em Itaituba, no sudoeste do estado. As informações são do site Giro Portal.

O corpo de Joseane foi encontrado na manhã da sexta-feira na praia do Sapo, bamnhada pelo rio Tapajós. Ela apresentava um ferimento na região da cabeça, mas até aquele momento a suspeita era de que ela havia morrido afogada.

A polícia localizou e prendeu Francisco Conceição na noite de sexta-feira (25), no Km 5 da rodovia Transamazônica, próximo ao Parque de Exposições de Itaituba. Ele confessou o assassinato da companheira, mas não deu as motivações para o crime.

Os militares chegaram até ele por meio de denúncias de pessoas próximas. Segundo informações apuradas, Joseane vivia em união estável com Francisco. Na madrugada da sexta-feira (24), ela estava em frente à residência do casal na companhia de amigos até perto de 2h15, como o próprio marido chegou a relatar, e depois disso desapareceu.

Francisco alegou que ainda na madrugada de sexta teria procurado por ela em vários pontos da cidade, mas não a encontrou. Horas mais tarde o corpo foi localizado na praia do Sapo por populares, que acionaram a polícia. O cadáver foi resgatado por uma guarnição do Corpo de Bombeiros e removido ao Instituto Médico Legal (IML), que vai expedir o laudo com a causa da morte.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA