Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Chacina deixa três mortos em São Félix do Xingu

Vítimas seriam da mesma família. Corpos foram encontrados no domingo (9), em estado de decomposição

O Liberal

Uma chacina assustou moradores da pacata Ilha da Cachoeira do Mucura, que fica às margens do Rio Xingu, no município de São Félix do Xingu. No último domingo (9), os corpos de três pessoas, cujas identidades não foram reveladas, foram encontrados em estado de decomposição, com marcas de tiros, em uma área de mata. As vítimas seriam da mesma família. A Polícia Civil informou que realiza diligências na região para localizar os autores do crime.

Vídeos que mostram o momento em que os corpos foram localizados estão circulando nas redes sociais. Um dos corpos está boiando no rio, o outro está às margens, e o terceiro, jogado ao chão. Pelo estado em que foram encontradas, as vítimas provavelmente já estavam mortas há mais de 24 horas. Os três mortos seriam marido, esposa e filha. Os nomes não foram divulgados pela polícia.

O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) foi acionado para fazer a perícia criminal e a remoção dos corpos para o Instituto Médico Legal (IML), de onde serão liberados para sepultamento. Os autores do crime ainda não foram identificados e a polícia segue investigando o caso para localizá-los.

Em nota enviada à reportagem, a Polícia Civil informou que "...um inquérito policial foi instaurado para investigar o triplo homicídio ocorrido na Ilha da Cachoeira do Mucura, às margens do Rio Xingu, no município de São Félix do Xingu. Informa, ainda, que acionou a perícia criminal e realiza diligências na região para localizar os autores do crime. Qualquer informação que auxilie no esclarecimento do fato, pode ser repassada via Disque-Denúncia (181)", concluiu.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA