Motorista de aplicativo acusada injustamente de assalto encontra passageira: "foi um mal entendido"

A motorista de aplicativo Pamela Suellen da Cruz Neves foi acusada, sem provas, de ter cometido um assalto. Teve sua foto divulgada em redes sociais, e foi alvo de mensagens de ódio e xingamentos, na manhã desta quinta (9). Após registro de boletim de ocorrência, em delegacia da Marambaia, por crimes de calúnia, difamação e injúria, a motorista e Dona Francisca, vítima do assalto, se encontraram e esclareceram o mal entendido.

Fatos do dia