Conheça a história da igreja que é fruto de promessas para se livrar de pandemias

Você sabia que no século XIX Santarém foi atingida por diversas epidemias? Nessa época, uma doença passou a assustar mais a população local com as notícias vindas da capital do estado - a febre amarela. Essa epidemia atingiu Belém no ano de 1.850 e o povo santareno se apegou à imagem do santo São Sebastião, que é um santo católico considerado protetor contra as pestes. Diante dos medos que rodeavam as famílias, uma promessa foi feita: se a doença não chegasse na cidade, seria construído uma igreja para o Santo, conforme relatou o padre e historiador Sidney Canto.

Especiais