Santarém retoma celebrações litúrgicas no sábado (4); Arquidiocese divulga protocolo

Pessoas acima de 60 anos, crianças com menos de 12 anos e as pessoas de grupo de risco estão dispensados do preceito dominical

Redação Integrada

A partir deste sábado (4) a Arquidiocese de Santarém retomará as celebrações litúrgicas presenciais gradualmente. A informação foi transmitida pelo próprio arcebispo metropolitano de Santarém, dom Irineu Roman, em coletiva à Imprensa, na sede do município do Oeste do Pará, nesta terça-feira (30). 

Foi, então, publicado o protocolo para a retomada das Celebrações Comunitárias presenciais no contexto da pandemia da covid-19. A divulgação foi feita durante coletiva na sede do Sistema Arquidiocesano de Comunicação. Participaram do evento, além de dom Irineu Roman, o coordenador arquidiocesano de Pastoral, padre Odirley Maia, e o assessor jurídico da Arquidiocese, Josinaldo Gato. 

De acordo com o documento, podem retornar as igrejas localizadas na zona urbana de Santarém; as igrejas nas zonas urbanas dos demais municípios da Arquidiocese: Almeirim, Aveiro, Belterra, Mojuí dos Campos, Monte Alegre e Prainha, desde que o município não determine o contrário; e, ainda, as igrejas sedes de paróquias e áreas pastorais localizadas nas zonas rurais de Santarém e dos demais municípios da Arquidiocese.

No entanto, o protocolo esclarece que as celebrações comunitárias presenciais nas demais comunidades rurais da Arquidiocese permanecem suspensas até que haja comunicado liberando o retorno. Segundo o documento, ainda continuam suspensas as demais atividades como os encontros pastorais, catequeses, movimentos, formações e ceb’s .

O documento diz ainda, que os idosos acima de 60 anos, as crianças com menos de 12 anos e as pessoas de grupo de risco, estão dispensados do preceito dominical.
Sobre o agendamento para participar das celebrações, o documento esclarece que deve ser feita uma inscrição prévia: “As inscrições e agendamentos para as celebrações sejam feitas na secretaria paroquial, preferencialmente por telefone ou, se possível, por meios eletrônicos como e-mail, site ou aplicativo paroquial ou ainda, conforme decisão do pároco”.

“A gente anunciou um grande protocolo que vai valer durante este ano provavelmente, e nós vamos fazer a abertura gradual das sedes da igrejas paroquiais e das sedes das igrejas das áreas pastorais no próximo dia 4 de julho. Será uma abertura assim devagar, respeitando todas normas estaduais, municipais e também da Orgnaização Mundial da Saúde, evitando qualquer contato, mantendo a distância, a higiene, o uso de máscara”, afirmou dom Irineu.

“E nós estamos orientando os padres, os párocos para que observem as recomendações da Saúde, para medir a temperatura das pessoas que chegam às igrejas, de manter o limite de 30% da ocupação do templo, a distância de dois metros entre as pessoas”, destacou o arcebispo. Ele acrescentou que novos horários de celebrações poderão ser adotados para atender à demanda dos paroquianos.

A Arquidiocese de Santarém “poderá alterar as orientações, ou mesmo, interromper a retomada das celebrações, dependendo das decisões, indicações e entendimento das autoridades e especialistas da área de saúde”.

 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ