Forças Armadas garantiram a segurança das eleições no Pará, Maranhão e Amapá

Mais de 4 mil militares atuaram na Operação Eleições 2022. Foram utilizados quatro helicópteros, cinco aviões de pequeno porte, sete navios, 25 embarcações e 207 viaturas

O Liberal

O domingo de Eleições Gerais no Brasil foi marcado pela presença de militares das Forças Armadas nas ruas. Os agentes, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contribuíram com a segurança dos locais de votação.  O Comando Conjunto Norte (CCjN), formado pela Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira, fixou sede em Belém e atuou na Operação Eleições 2022 com um efetivo de 4.607 homens.

Os militares desempenharam a segurança do processo eleitoral em 78 municípios do estado do Pará, 100 localidades do Maranhão e 1 cidade do Amapá. Na Operação Eleições 2022 foram utilizados quatro helicópteros, cinco aviões de pequeno porte, sete navios, 25 embarcações e 207 viaturas.

Devidamente autorizados pelo Ministério da Defesa (MD), os militares também forneceram apoio logístico para distribuição de urnas eletrônicas e transporte de colaboradores da justiça eleitoral, em lugares de difícil acesso, na última semana. Foi o caso da Aldeia Mapuera, em Oriximiná, no oeste do Pará, que recebeu militares para atuar na segurança dos locais de votação e garantir o direito de ir e vir da população no pleito eleitoral.

Situação semelhante ocorreu no estado do Amapá, onde a Companhia Especial de Fronteira (CEF), do Comando de Fronteira Amapá e 34º Batalhão de Infantaria de Selva (34º BIS), realizou o transporte das Urnas Eletrônicas para a localidade de Vila Brasil. A ação foi realizada pelo Rio Oiapoque, considerado pedregoso e de difícil navegação, com duas embarcações, contando com um efetivo de oito militares e quatro civis. A localidade de Vila Brasil é distante 80km, pelo Rio, da Cidade do Oiapoque.

Já o Arquipélago do Marajó recebeu reforço na segurança com aeronaves da Força Aérea e navios da Marinha, que conduziram os militares para diversas cidades, entre elas, Anajás, Chaves, Breves e Portel. O objetivo foi atuar na segurança dos locais de votação e garantir o direito de ir e vir da população neste domingo.

Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ