Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Veja as causas e sintomas da língua geográfica

Distúrbio causa lesões na língua e pode estar relacionado com diversas doenças

Ana Paula Gama

A língua geográfica, também chamada de glossite migratória benigna ou eritema migratório, é um distúrbio benigno caracterizado por lesões avermelhadas com bordas irregulares, esbranquiçadas e salientes, que lembram os contornos de um mapa geográfico e podem migrar de uma área para outra da língua.

Segundo o Comitê Educativo da Uniodonto Belém, embora possam se manifestar em pessoas de qualquer idade, as lesões surgem mais nos primeiros anos de vida e tendem a desaparecer até os sete ou oito anos. A prevalência da doença é maior no sexo feminino.

Ainda não há uma causa exata para esse problema, porém ele pode ter caráter hereditário e estar associado à doenças como asma e rinite alérgica, além de deficiências nutricionais. A língua geográfica também pode ter relação com estresse, caspa e inflamações na pele (psoríase).

VEJA MAIS

Dente do siso: saiba quando é necessário extraí-lo
Quando não prejudicam a saúde bucal, os “dentes do juízo” podem ser mantidos

Dor de dente: quais os riscos de se automedicar?
Automedicação pode causar sérios problemas à saúde

Sintomas

Ainda de acordo com o Comitê Educativo da Uniodonto Belém, as lesões na língua não comprometem o paladar e podem permanecer ativas por períodos longos ou curtos, regredir espontaneamente e reaparecer depois.

Embora esse problema seja quase sempre assintomático, é importante evitar alimentos condimentados, ácidos ou bebidas alcoólicas, pois podem provocar ardência e queimação na língua.

Bebida alcoólica pode causar a sensação de queimação nas lesões da língua (Banco de imagens/Freepik)

O diagnóstico é clínico e leva em consideração as características das lesões, que mudam de forma e de local. Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames de cultura e biópsia.

Não existe tratamento específico para a língua geográfica, porém, caso os sintomas se manifestem, recomenda-se o uso de analgésicos e consulta com um dentista. Para saber mais, clique aqui.

 

Uniodonto
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!