Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dificuldade de aprendizagem: o que a escola deve fazer?

Instituição de ensino deve criar uma rede de apoio com os pais ou responsáveis do aluno

Ana Paula Gama

A dificuldade de aprendizagem é um problema no processo de aquisição do conhecimento, que pode ter relação com fatores biológicos, psicológicos ou culturais. Porém, essa dificuldade não indica falta de inteligência ou de motivação para aprender.

A orientadora educacional do Colégio Ideal, Thayse Wanzeler, explica que existem dois tipos de dificuldades de aprendizagem, são elas: associadas às causas orgânicas e pedagógicas.

“As orgânicas, especificamente, estão vinculadas aos déficits, transtornos, às deficiências, estresse ou a outros quadros, que podem interferir na atividade e no processamento de informações que envolvem o processo de ler, escrever e pensar”, explica a profissional, que trabalha com as turmas militares do Ideal da Batista Campos.

Orientadora educacional ressalta que a dificuldade de aprendizagem pode prejudicar a leitura e a escrita (Arquivo pessoal)

De acordo com Thayse Wanzeler, o processo de aprendizagem ocorre por meio de um esquema, pois o conhecimento não parte do zero. “Quando o aluno apresenta dificuldades para aprender determinado conteúdo trabalhado em sala de aula, possivelmente não houve aprendizagem em outro estágio, ou seja, um conhecimento anterior não foi adquirido”, acrescenta.

VEJA MAIS

Entenda como o Transtorno do Déficit de Atenção influencia no processo de aprendizagem
Quando não tratado de maneira adequada, TDAH pode prejudicar o desempenho escolar

Dificuldade de aprendizagem e baixo rendimento escolar podem ser sinais de dislexia
Transtorno afeta a capacidade de ler e escrever do estudante

O papel da escola

A escola, por estar mais perto durante o desenvolvimento cognitivo das crianças, precisa ter um olhar atento aos rendimentos escolares baixos e criar uma rede de apoio com os professores e familiares.

Além disso, é importante que o colégio encaminhe as demandas para os profissionais adequados, como os psicopedagogos, responsáveis por identificar e trabalhar falhas no processo de ensino-aprendizagem.

“É papel da escola solicitar aos responsáveis pelo aluno um diagnóstico e acompanhamento psicopedagógico, incentivar o desenvolvimento do aluno, valorizar os pontos fortes da criança ou adolescente e auxiliar no desenvolvimento da autoconfiança”, revela a orientadora educacional.

A instituição de ensino também deve sempre informar aos responsáveis sobre o processo de aprendizagem e a evolução educacional do aluno.

O Colégio Ideal tem uma comunicação efetiva com os pais ou responsáveis dos estudantes, visando fortalecer a relação e estreitar laços para auxiliar no desenvolvimento do processo educativos das crianças e jovens. Clique aqui e saiba mais.

Grupo Ideal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!