Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Entenda como o Transtorno do Déficit de Atenção influencia no processo de aprendizagem

Quando não tratado de maneira adequada, TDAH pode prejudicar o desempenho escolar

Ana Paula Gama

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) trata-se de um distúrbio neurobiológico que surge entre os quatro ou cinco anos de idade, sendo caracterizado por desatenção, inquietude e impulsividade. Esse transtorno afeta de 3% a 5% das crianças em idade escolar e sua prevalência é maior entre os meninos.

De acordo com a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), mais de 80% dos casos de TDAH na faixa etária de três a 16 anos estão sem diagnóstico e sem tratamento no Brasil.

Isso significa que no País existem aproximadamente 23 milhões de crianças e adolescentes com esse transtorno, sendo que 1.8 milhões não possuem assistência adequada.

VEJA MAIS

Conheça os principais transtornos de aprendizagem
Quando não identificados, transtornos podem prejudicar a vida escolar das crianças e adolescentes

Dificuldade de aprendizagem e baixo rendimento escolar podem ser sinais de dislexia
Transtorno afeta a capacidade de ler e escrever do estudante

Problemas no processo de aprendizagem

Segundo a coordenadora educacional do ensino fundamental do Colégio Ideal, Wanderléia Amaral Coutinho, quando não é diagnosticado e tratado corretamente, o TDAH causa vários problemas no convívio social e no desempenho escolar.

Coordenadora do Colégio Ideal destaca as dificuldades causadas pelo transtorno (Arquivo pessoal)

“Um diagnóstico tardio pode trazer consequências irreparáveis para a vida acadêmica desse aluno, causando situações como lacunas no processo de aprendizagem e até mesmo retenção”, explica Wanderléia, que também é especialista em educação inclusiva.

A coordenadora revela que um estudante com esse transtorno pode apresentar diversas dificuldades, inclusive na fala. Além disso, pode apresentar um desinteresse muito grande, o que torna o diagnóstico mais difícil, pois requer do educador um olhar mais clínico e especial.

“O professor, na maioria das vezes, é a primeira fonte para o diagnóstico de TDAH. Suas percepções e conhecimentos são de extrema importância”, acrescenta.

Confira, a seguir, os principais sinais de TDAH:

- Dificuldades de concentração;

- Problemas na organização e planejamento de tarefas;

- Impulsividade nas interações sociais;

- Inquietação;

- Dificuldades para compreender instruções.

“Os portadores de TDAH se distraem com qualquer ruído, esquecem coisas das atividades diárias, esquecem compromissos marcados e não prestam atenção no que os outros dizem”, ressalta Wanderléia Amaral.

O Colégio Ideal possui uma metodologia de ensino adequada e equipe pedagógica alinhada para que ocorra a inclusão dos alunos com TDAH. Clique aqui e saiba mais.

Faepa
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!