Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cirurgia bariátrica: quem pode fazer, tipos e riscos

Procedimento cirúrgico é realizado no estômago e visa a redução de peso

Ana Paula Gama

A cirurgia bariátrica é uma intervenção cirúrgica realizada com a finalidade de reduzir peso. Entre os benefícios desse procedimento está a contenção de doenças como diabetes e hipertensão.

De acordo com o cirurgião Alexandre Augusto Nogueira, que atua há mais de dez anos no Hospital Beneficente Portuguesa, esse procedimento é realizado no estômago, por onde passam as cânulas e a câmera de vídeo, ou seja, a cirurgia ocorre por meio de um monitor cirúrgico.

Cirurgião Alexandre Nogueira explica como ocorre a cirurgia bariátrica (Divulgação/Beneficente Portuguesa)

“É considerada minimamente invasiva, aplicável em todas as técnicas cirúrgicas. A videolaparoscopia representa uma das maiores evoluções tecnológicas da medicina”, elogia o médico, que também é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM).

Confira, a seguir, as vantagens da cirurgia bariátrica realizada com videolaparoscopia:

- Menos dor no pós-operatório;

- Menor índice de infecção;

- Rápido retorno às atividades laborais;

- Menor incidência de hérnias incisionais;

- Esteticamente superior.

A cirurgia bariátrica é indicada conforme análise dos seguintes critérios: Índice de Massa Corpórea (IMC), idade, doenças associadas e tempo de doença.

O médico informa que no Brasil os procedimentos bariátricos são representados por dois tipos, são eles: Bypass Gástrico e Sleeve Gástrico. No Bypass Gástrico, o paciente submetido à cirurgia perde de 70% a 80% do excesso de peso inicial.

“Nesse procedimento misto, é feito o grampeamento de parte do estômago, que reduz o espaço para o alimento. Além disso, um desvio do intestino inicial promove o aumento de hormônios que dão saciedade e diminuem a fome”, explica Alexandre Augusto.

Já no Sleeve Gástrico, o estômago é transformado em um tubo, com capacidade mais reduzida que o original. Essa intervenção também provoca uma boa perda de peso.

VEJA MAIS

Entenda as causas e consequências da trombose
Doença pode ser congênita ou adquirida e prejudica a circulação do sangue

Saiba quais são os principais tipos de alergia e como tratá-las
Problema não tem cura, mas pode ser controlado com medidas de prevenção e medicamentos

Riscos

Atualmente, os riscos desse tipo de procedimento são tão baixos quanto cirurgias de médio porte, com taxas de mortalidade por volta de 0,2%.

Entretanto, apesar de baixos, os riscos existem e, por essa razão, a cirurgia deve ser feita em hospital com estrutura adequada, por médicos habilitados e com experiência comprovada. Por isso, é importante que os pacientes se informem antes sobre a experiência do profissional escolhido.

Contraindicações

Segundo o cirurgião Alexandre Augusto, existem contraindicações para a cirurgia bariátrica, são elas:

- Limitação intelectual significativa;

- Pacientes sem suporte familiar adequado;

- Quadro de transtorno psiquiátrico não controlado, incluindo uso continuo de álcool ou drogas ilícitas;

O Complexo Hospitalar da Beneficente Portuguesa conta com cirurgiões altamente capacitados para realizar esse tipo de cirurgia. Para saber mais, clique aqui.

Serviço:

Complexo Hospitalar da Beneficente Portuguesa

Urgência e Emergência
Contatos: (91) 3215-4325 / (91) 3215-4414

Unidade Hospital São João de Deus

Endereço: Rua Boaventura da Silva, 895

Unidade Hospital D. Luiz I

Endereço: Av. Generalíssimo Deodoro, 868
Contato: (91) 3215-4444
Redes Sociais: @beneficenteportuguesaoficial
Site: beneficenteportuguesa.com.br

Beneficente Portuguesa
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!