Técnicos paraenses de judô participam do fórum regional de alto rendimento

Evento online teve organização da CBJ debateu os problemas da região Norte

Braz Chucre

Técnicos paraenses de judô participaram no final de semana do segundo encontro do Fórum Regional de Judô de Alto Rendimento, evento organizado pela CBJ [Confederação Brasileira de Judô].

Alam Saraiva, técnico do Instituto federal do Pará, comentou sobre o fórum realizado online. “Foi uma reunião muito importante e teve como objetivo de identificar a queda, a curva de atividades do judocas da base em alto rendimento competições nacionais, além dos planejamentos e propostas para contornar essa crise de produtividade. O judô paraense tem uma certa representatividade nas categorias sub-13 ao sub-15, mas tem dificuldades nas outras categorias por não termos uma programa adequada de treinamento, fator identificado também em outros estados da Região Norte. Precisamos nos capacitar melhor com apoio da CBJ em ações mais próximas das federações”, avaliou. Além de Alam, também marcaram presença no evento virtual os técnico Mário Célio e Gervásio Leão.

A barreira geográfica imposta pelas grandes distâncias que os atletas do Norte precisam enfrentar para competir fora dos seus estados foi uma das principais dificuldades pontuadas pelos treinadores.

Entre as sugestões, eles chamaram a atenção para a importância da capacitação de técnicos com cursos e seminários técnicos com grandes judocas visitando esses estados. 

O fórum foi conduzido pelo gestor de Alto Rendimento da CBJ, Ney Wilson Pereira, que ouviu dos técnicos opiniões e sugestões para desenvolvimento do judô de Alto Rendimento nos estados do Norte. 

"Eu passo quase seis meses do meu ano fora do Brasil. Estamos buscando evoluir cada região do Brasil com essa iniciativa, nos aproximando dos técnicos formadores de todo o país. A maioria tem uma distância muito grande da equipe da seleção brasileira e o que queremos é diminuir essa distância", ressaltou.

Participaram da videoconferência técnicos do Pará, Amapá, Amazonas, Rondônia e Roraima. Acre não teve representante. 

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES