Seleção masculina vence o Irã e sustenta liderança da Copa do Mundo

Em jogo equilibrado, Brasil venceu por 3 a 1, mantendo a invencibilidade na competição

Web Vôlei

Foi com emoção nos finais dos sets. Mas, com um jogo muito bem distribuído – quatro jogadores terminaram a partida com mais de 10 pontos -, a Seleção Brasileira Masculina de vôlei derrotou o Irã por 3 sets a 1 – parciais de 25-27, 25-21, 27-25, 25-22 -, na madrugada deste domingo, na cidade japonesa de Nagano, pela quinta rodada da Copa do Mundo do Japão.

Com o resultado, o Brasil manteve a invencibilidade e a liderança da competição, agora com 15 pontos. Na cola estão Estados Unidos e Polônia, com quatro vitórias e uma derrota cada.

A Copa do Mundo para agora por três dias para as seleções trocarem de sede. O Brasil vai para Hiroshima, onde enfrenta a Argentina, na madrugada de quarta-feira, às 2h (horário de Brasília), com transmissão pelo SporTV 2.

Leal e Alan foram os maiores pontuadores do Brasil, com 16 pontos. Lucão marcou 14 e Lucarelli, 12.

O Irã entrou em quadra com um time bem diferente daquele que o Brasil está acostumado a jogar, com jogadores mais novos, deixando o experiente levantador Marouf e o oposto Amir Ghafour no banco. Entre os destaques, o ponteiro Amir Esfandiar, de apenas 20 anos – campeão Mundial Sub-19 em 2017 e novamente do Mundial Sub-21 deste ano – que marcou 13 pontos, além de Yali, eleito o MVP no Mundial Sub-23 de 2015.

- Estamos felizes pois precisávamos destes três pontos. Creio que a seleção iraniana tem uma geração boa, criando um mix entre os jogadores mais jovens e os mais experientes. Eles formam uma grande time e nunca é fácil enfrentá-los. Fizemos um bom trabalho aqui em Nagano, mas temos de melhorar. Desperdiçamos muitos contra-ataques - comentou o levantador e capitão Bruninho.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!