Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Fã-clube de Senna propõe boicote a livro de Flavio Gomes, que rebate: 'Tão ridículo quanto a devoção deles'

Jornalista compartilhou um print da postagem do fanpage no Instagram e afirmou que a critica era uma 'glória eterna' para ele

LANCE!

O jornalista Flavio Gomes lança um livro onde conta os bastidores do GP de ímola de 1994, que ficou marcado pela morte de Ayrton Senna, sob a ótica dele mesmo, que era repórter e estava presente no autódromo, na época. A obra "Ímola 1994 - A trajetória de um repórter até o acidente que chocou o mundo" não foi bem recebida por um fã clube se Senna, que afirmou que Flavio desrespeita a história do piloto.

+Confira a tabela do Campeonato Paulista e simule os resultados

- Quem gosta e respeita o Automobilismo, a F1 e Ayrton Senna, não alimenta e não dá dinheiro para quem não tem o mínimo respeito, fala mal e conta histórias de conteúdo duvidoso - diz a mensagem da página 'TAS - Torcida Ayrton Senna', complementada com as hastags '#babaca, #frustrado e #enrustido'.

Flávio compartilhou um print da postagem do fã clube no Instagram e afirmou que a critica era uma 'glória eterna' para ele.

- Ah, gente, isso aqui é a GLÓRIA ETERNA! Não vou ver sozinho! - disse.

Em seu canal no youtube, o ex-Fox Sports e ESPN afirmou que o livro aborda as dificuldades da cobertura do acidente que matou Senna e não o atleta. Em entrevista ao 'Uol Esportes', o jornalista chama o boicote de 'ridículo' e critica a devoção dos integrantes do fã-clube ao piloto, os chamando de 'lunáticos'. - Nem leram o livro. Leram um trecho que, no fundo, humaniza o ídolo deles — um cara que na mente doentia desses doidos não falava palavrão e jamais faria uma sacanagem inofensiva. São incapazes de entender isso. Uns birutas que não merecem muita atenção - disse.

- O livro sequer é sobre Ayrton Senna. Nem isso conseguem entender. Não tem foto dele na capa, não uso seu nome no título. Fazem parte da Igreja Sagrada da Sexta Marcha. Propor um boicote a uma obra essencialmente jornalística é algo tão ridículo quanto a devoção deles. Quero é distância desses lunáticos - completou.

Em fevereiro deste ano, o jornalista afirmou que os mais jovens que afirmam que Ayrton Senna foi o maior piloto de todos os tempos e que desmerecem Schumacher e Hamilton idolatram um homem que não foi 'herói de nada'. Na opinião dele, Senna também cometia erros.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES