Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dia dos Pais: ex-Remo promove cidadania e relação paterna em escolinha de futebol de Curralinho

Cláudio Curralinho vestiu a camisa azulina entre 1987 e 1992

Andre Gomes

No Dia dos Pais, a equipe de esportes de O Liberal evidência mais um caso em que não é preciso ser de sangue para ser pai. O exemplo deste domingo (9) é o da escolinha Craque do Amanhã, do município de Curralinho - a 150 km de Belém e próximo da Ilha do Marajó. O projeto social é liderado pelo ex-jogador do Clube do Remo Cláudio Roberto Vieira da Costa, o Cláudio Curralinho, conhecido por ser um dos maiores incentivadores do esporte local e viver uma relação paternal com os alunos.

A CRIAÇÃO

Ex-jogador do Leão, Cláudio vestiu a camisa azulina entre 1987 a 1992. Ele revela que retornou ao município de onde veio, quando se aposentou. No entanto, apesar do trabalho que exerce, afirma que os locais em que desenvolve as atividades em Curralinho são muito precários e não oferecem condições para desenvolver um bom treinamento.

"Temos dificuldades no apoio do governo municipal. Não veem [o esporte] como prioridade. A minha estrutura, com o pouco que faço, é maior que a deles. Vejo crianças e adolescentes se perdendo por falta de opção", contou. A escolinha atende cerca de 100 crianças e adolescentes, que são de famílias carentes.

A demanda é grande e o projeto se sustenta por amor e pelos sonhos dos garotos. Sem apoio e um espaço físico ideal para os jovens, o instrutor cobra de quem deveria oferecer algo a mais à juventude do município que, segundo Cláudio, não faz muito.

"A gente trabalha com recursos próprios seja para comprar algumas bolas ou outras coisas, materiais como coletes, shorts, meiões. Quando começamos os trabalhos, tínhamos categorias de base de nove a 20 anos. Como chamou a atenção da garotada, cheguei a ter garotos de 22 e 23 anos".

RELAÇÃO PATERNA

Mesmo sem a estrutura necessária e com a paralisação das atividades em meio à pandemia, Cláudio Curralinho fala que o projeto se manterá. O instrutor conta o segredo para esta continuidade: além da relação de pai e filhos com os jovens, não apenas de preocupação com eles, Cláudio busca ser um facilitador de sonhos. Aliás, o ex-jogador se mostra agradecido por ter até o reconhecimento dos pais dos atletas.

"Tenho uma afinidade muito grande. É a melhor relação possível com eles. Tenho um carinho por eles e recebo esse carinho, dos pais que falam bacana pelo trabalho, trabalhar com adolescente tirar do seu tempo. 80% deles me apoiam e dão forças", finalizou.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES