Decidido! Primeiro jogo da final do Parazão sai de Tucuruí e é marcado para Belém

Reunião na sede da FPF (Federação Paraense de Futebol) resolveu o caso

Nilson Cortinhas

O primeiro jogo da final do Campeonato Paraense será em Belém. A informação foi confirmada por Deley Santos e Marco Antônio Magnata, presidente do Independente e representante jurídico do Remo, respectivamente, após reunião sobre o tema realizada na tarde desta terça-feira (9), na sede da FPF (Federação Paraense de Futebol), em Belém. As partes entraram em acordo. Questões de logística e financeira pesaram na decisão.

LEIA MAIS

Sobre polêmica na final, presidente do Remo questiona: "Por que essa forçação de barra da FPF?"

PROBLEMAS

Do início ao fim, o Campeonato Paraense 2019 lida com imbróglios. O último, ao que parece, diz respeito ao local da primeira partida da final. 

Nesta terça-feira (9), na sede da Federação Paraense de Futebol, foi realizada uma reunião englobando os presidentes de Remo e Independente com o vice-presidente da FPF e diretor de competição, Paulo Romano. 

A pauta discutida foi a disposição do Independente em realizar o jogo em Belém, marcado para o dia 14, abrindo mão de atuar em Tucuruí, sob a alegação de dificuldade na logística por conta da queda de parte da ponte do Rio Moju. No momento, foi protocolado um termo jurídico (foto abaixo) com o posicionamento entre as partes. O departamento jurídico da FPF fará a análise com um peso apenas protocolar já que Paulo Romano acenou favoravelmente a ideia.

Marco Antônio Pina com o termo jurídico que foi protocolado acerca da partida (Claudio Pinheiro / O Liberal)

O termo jurídico foi protocolado por Marco Antônio Pina - o Magnata -, que é representante do Remo junto à FPF. No encontro, o Leão também teve a presença do presidente Fábio Bentes.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!