CBF tira do ar contas do Instagram e sites que vendiam camisas falsificadas da seleção brasileira

Só no Instagram, em parceria com a plataforma, 31 contas foram derrubadas; todas elas comercializavam produtos falsificados

Luiz Guilherme Ramos

De olho no amplo comércio que agita o mundo do futebol às vésperas da Copa do Mundo, a CBF resolveu investir contra a pirataria e, de uma só vez, conseguiu remover da internet centenas de sites que comercializavam camisas falsificadas da Seleção Brasileira

A medida contou com o apoio das redes sociais. Só no Instagram, em parceria com a plataforma, 31 contas foram derrubadas, em um acordo costurado diretamente com a empresa, em conformidade com a política de proteção de direitos da propriedade intelectual.

VEJA MAIS

Copa do Mundo: vaza suposta camisa da Seleção Brasileira; reveja os uniformes dos títulos do Brasil
Site conhecido por antecipar imagens de uniformes publicou os supostos uniformes que serão usados em 2022

Nike lança camisa de goleiro da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo; veja os valores
Uniforme de goleiro é preto com detalhes em amarelo, além da estampa de onça, presente nas duas camisas de jogo da Seleção Brasileira

A remoção das contas, proposta pelos advogados da CBF, seguem a política de combate à pirataria, após o lançamento da nova camisa, ainda no mês de agosto. O uniforme da seleção para a Copa do Catar será produzido pela Nike e antes mesmo do início da competição, já está em falta no mercado.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES