TJ do Pará publica novo edital de concurso

Tribunal de Justiça do Estado fez mudanças em relação ao anterior. Uma delas foi a redução de cargos. Eram 30 e agora são apenas 14. Inscrição vai até o próximo dia 22.

Redação Integrada

Profissionais de níveis médio, técnico e superior podem se inscrever para participar do novo concurso público do Tribunal de Justiça do Estado da Pará (TJPA), que vai preencher 200 vagas e formar cadastro reserva em diversas áreas. Previstas para abrirem no dia 22 de outubro, as incrições foram adiadas para ajustes no edital. Segundo o Tribunal, a retificação foi para “ajustes técnicos e administrativos, inclusive em relação às disponibilidades orçamentárias e financeiras do TJPA”. No edital de retificação, dos 30 cargos abertos inicialmente, apenas 14 permanecem.

As oportunidades para os profissionais de nível médio ou técnico são para os cargos de auxiliar judiciário e programador de computador. Já quem possui nível superior pode concorrer às funções de analista judiciário nas áreas administrativa (qualquer curso superior), administração, análise de sistemas (suporte e desenvolvimento), ciência contábeis, direito, estatística, pedagogia, psicologia, serviço social e oficial de Justiça avaliador. No caso do auxiliar judiciário, a remuneração será de R$ 3.207,90. Para analista judiciário, em todas as especialidades, a remuneração total é de R$ 7.320,06, enquanto para oficial de justiça avaliador, a remuneração é de R$ 10.166,75. Além do salário, o órgão oferece auxílio alimentação de R$ 1.259,28 e auxílio transporte.

Para os profissionais de nível superior, há o adicional de titulação sobre o vencimento-base, que é de 15% para quem possuir especialização, 20% para quem possuir mestrado e 25% para quem possuir doutorado. A jornada de trabalho para todos os cargos será de 30 horas semanais. As inscrições podem ser feitas até o dia 22 de novembro, pelo site www.cebraspe.org.br/concursos/ tj_pa_19_servidor, pagando taxa no valor de R$ 90 para quem tiver nível médio ou técnico e de R$ 110 para nível superior. Poderão solicitar isenção da taxa de inscrição o candidato que for deficiente ou tiver necessidades especiais, for membro de família de baixa renda, desde que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), ou for doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde. Há reserva de 5% das vagas para as pessoas com deficiência e 20% para os candidatos negros. A seleção será feita por meio de provas objetivas para todos os cargos, e prova discursiva e avaliação de títulos para candidatos de nível superior. As provas escritas serão realizadas no dia 19 de janeiro do ano que vem, nos municípios de Altamira, Belém, Marabá, Paragominas, Redenção e Santarém. 

Concurso e Emprego
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS CONCURSO E EMPREGO