Aretha Franklin recebe prêmio póstumo do Pulitzer

A cantora foi homenageada com a Menção Especial por sua contribuição à música e cultura norte-americanas.

Agencia Estado

A rainha do soul Aretha Franklin, que morreu em agosto do ano passado aos 76 anos, ganhou um prêmio póstumo do Pulitzer. O anúncio foi feito na segunda-feira, 15, pelo Twitter, no perfil oficial do prêmio. A cantora foi homenageada com a Menção Especial do Prêmio Pulitzer por sua contribuição à música e cultura norte-americanas.

Ela é a primeira mulher, individualmente, a receber a citação especial desde que a mesma foi concedida pela primeira vez em 1930. "Parabéns a Aretha Franklin, sua família e amigos", disse o perfil do prêmio na rede social. Outros homenageados foram Hank Williams, Bob Dylan, Duke Ellington, John Coltrane e Thelonious Monk, entre outros.

Aretha Franklin morreu no dia 16 de agosto do ano passado após uma batalha contra o câncer de pâncreas. A cantora recebeu inúmeros outros prêmios - entre eles ser a primeira mulher a entrar no Hall da Fama do Rock and Roll.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA