Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Biblioteca Arthur Vianna recebe óculos tecnológicos para pessoas com deficiência visual

Os aparelhos, que ainda não foram mostrados, possuem câmeras que transformam os textos em áudio.

O Liberal

A Biblioteca Pública Arthur Vianna, da Fundação Cultural do Pará (FCP), que fica localizada no prédio do antigo Centur e atrai grande público para consultar o extenso acervo da instituição, acaba de dar um passo importante rumo à acessibilidade dos frequentadores. A instituição recebeu três óculos tecnológicos que possibilitam às pessoas com deficiência visual terem acesso a textos impressos e digitais. Os óculos são equipados com câmera intuitiva que fotografa, escaneia e transforma em áudio os textos em português, inglês e espanhol, além de fazer o reconhecimento facial, identificar cores, produtos e cédulas monetárias.

Para o diretor técnico e científico da Associação Paraense das Pessoas com Deficiência (APPD), Jordecy Santa Brígida, os novos óculos da biblioteca são “um avanço muito importante para uma biblioteca de tamanha grandiosidade que atrai a atenção de estudantes e de profissionais de diversas áreas do conhecimento”.  “Os óculos vão facilitar, dar mais acessibilidade para nós, com deficiência visual total e de baixa visão”. 

Essa tecnologia também vai auxiliar as pessoas com dislexia e não-alfabetizadas a terem acesso aos textos impressos ou digitais. 

“É importante para a inclusão das pessoas com deficiência visual, parcial ou total. A pessoa com deficiência, ela tem uma vida social que circula por vários espaços, inclusive os de cultura. A Lei Brasileira de Inclusão (LBI), também conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146, de 2015), prevê a ajuda técnica e de tecnologia, por meio de instrumentos, equipamentos ou produtos, que facilitem a acessibilidade e a funcionalidade da pessoa com deficiência nos espaços culturais, educacionais, esportivos e até das redes sociais”, explica.

Os óculos inteligentes OrCam MyEye foram entregues à FCP na última quinta-feira, 27, e serão disponibilizados para uso no Espaço Braille da Arthur Vianna somente após o treinamento de dois técnicos da biblioteca que irão dar assistência ao uso dos aparelhos. A data do treinamento e o início da disponibilização para os frequentadores com deficiência visual ainda não foram informados. Os óculos foram adquiridos com emenda parlamentar do deputado Fábio Freitas.

A Fundação também vai administrar mais duas unidades dos óculos, que ficarão em duas UsiPaz do governo do estado do Pará. 

“Nós estamos falando do espaço público cultural mais visitado da região Norte”, observa o diretor da FCP, Guilherme Relvas, sobre a Biblioteca Arthur Vianna ao destacar o variado público atendido no local. Ele informa que o Espaço Braille foi especialmente preparado com atendimento especializado para as pessoas cegas e pessoas com baixa visão e, com o advento dos óculos tecnológicos, se torna ainda mais acessível a esse público.

 

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA