Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

RODOLFO MARQUES

Rodolfo Silva Marques é professor de Graduação (UNAMA e FEAPA) e de Pós-Graduação Lato Sensu (UNAMA), doutor em Ciência Política (UFRGS), mestre em Ciência Política (UFPA), MBA em Marketing (FGV) e servidor público.

Belém chega a 405 anos. Aprovação do 'Bora Belém' na Câmara dos Vereadores foi um grande presente

Rodolfo Marques

Neste dia 12 de janeiro de 2021, a capital do Pará, Belém, chega a 405 anos de fundação, mergulhada em um cenário de dificuldades socioeconômicas, problemas estruturais e demandas em, praticamente, todos os níveis. O prefeito Edmilson Rodrigues (Psol), recém-empossado, vem buscando mobilizar a sua equipe para viabilizar soluções rápidas para algumas questões, lidando com constantes desafios.

Assim, dentro desse contexto, no dia 8 de janeiro, a Câmara Municipal de Belém (CMB) aprovou, com votos favoráveis de 34 dos 35 vereadores, o programa “Bora Belém”. A proposta, uma das promessas de campanha de Edmilson Rodrigues, prevê o pagamento de um valor de até 450 reais como renda básica para as populações mais carentes. No contexto da pandemia de Covid-19, a sessão legislativa aconteceu de forma remota. A Prefeitura projeta um investimento social, no “Bora Belém”, de até 30 milhões de reais. Há, ao mesmo tempo, uma discussão entre os parlamentares municipais sobre a execução do projeto e estimativa de valores, com possíveis reajustes.

Para marcar o aniversário, inclusive, a Prefeitura de Belém realizou algumas programações culturais e concedeu a maior honraria da cidade a algumas personalidades – a Medalha Francisco Caldeira Castelo Branco, cujo nome faz alusão ao fundador da cidade, em 1616. As programações precisaram considerar as normas de distanciamento social no cenário da pandemia.

Um caminho adotado pelo prefeito de Belém é o das parcerias com o governo do Estado do Pará. Os acordos políticos entre Edmilson Rodrigues e Helder Barbalho (MDB) passam pelo aporte financeiro do governo do Estado, por uma montagem de base de apoio na Câmara e por projetos comuns. Uma dessas ações em parceria foi lançada, exatamente, no dia 12 de janeiro: trata-se do programa “Nossa Feira”, com suporte para cerca de 500 trabalhadores de feiras na região Metropolitana de Belém.  Houve o simbolismo do lançamento do projeto em um dos principais cartões-postais da cidade – o Mercado do Ver-o-Peso. Helder também garantiu suporte financeiro para obras de asfaltamento, limpeza de canais e na educação básica na capital do Estado.

Dessa forma, a esperança da população belemense é de uma retomada de um processo de crescimento social, com mais oportunidades de trabalho e renda, de um efetivo saneamento básico, de um fortalecimento das atividades culturais e de um enfrentamento mais efetivo da pobreza e dos alagamentos que assolam Belém, em especial no chamado “inverno amazônico” (primeiro semestre).

Desejam-se, pelo menos, mais 405 anos para Belém – mas que estes sejam felizes e plenos.

Rodolfo Marques
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM RODOLFO MARQUES