REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'Vão sentir saudade da gente', afirma Bolsonaro

Jair Bolsonaro em rápido comentário com o ministro Ciro Nogueira (Casa Civil), antes de se pronunciar sobre os resultados das eleições. A declaração informal foi captada pelos microfones da imprensa

Repórter 70

'ANS com Você'
A Agência Nacional de Saúde Suplementar vai abrir o calendário de ações no País com um evento amanhã, em Belém.

Renegociação de dívidas
Começa hoje o Feirão Serasa Limpa Nome em todo o País. Endividados podem obter descontos de até 99%.

Presidente Jair Bolsonaro (J. Bosco)

'Vão sentir saudade da gente'

 

JAIR BOLSONARO, em rápido comentário com o ministro Ciro Nogueira (Casa Civil), antes de se pronunciar sobre os resultados das eleições. A declaração informal foi captada pelos microfones da imprensa, que estava presente para ouvir o pronunciamento oficial do chefe da Nação, no Palácio do Alvorada.

BOLSONARO

PRONUNCIAMENTO

Bastante aguardado pela população, foi feito ontem o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (PL) após o resultado das eleições do último domingo, em que foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por 50,90% dos votos contra 49,10%. Já na noite de domingo iniciaram-se as movimentações e bloqueios em diferentes pontos do País, intensificados na segunda e terça, em protesto ao pleito eleitoral.
 
MANIFESTAÇÕES
 
Logo no início do pronunciamento, que levou em torno de dois minutos, Bolsonaro agradeceu pelos  58 milhões de votos que recebeu e disse que os movimentos “são fruto de indignação e sentimento de injustiça de como se deu o processo eleitoral”. Bolsonaro defendeu as manifestações pacíficas, mas que não deveriam repetir os métodos da esquerda, que segundo ele “sempre prejudicaram a população, como invasão, destruição de patrimônio e cerceamento do direito de ir e vir”.
 
ANÁLISE
 
O deputado federal paraense Joaquim Passarinho (PL), vice-líder do governo federal, avaliou que o pronunciamento foi bom, pois deixou em aberto uma análise mais profunda do processo eleitoral, mas que também serviu para acalmar os ânimos das manifestações e encerrar os bloqueios de vias, para não prejudicar abastecimentos pelo País.
 
VICE

Apontado como um dos nomes que comandará a transição, o vice-presidente da República e senador eleito pelo Rio Grande do Sul, Hamilton Mourão (Republicanos) avaliou como muito bom e “excelente” o pronunciamento, que assistiu ao vivo pela televisão. “Quando ele reconhece os votos que recebeu, ele reconhece a vitória”, disse. Mourão disse ainda que com o pronunciamento, Bolsonaro manteve um tom pacificador em relação aos movimentos nas estradas.

VIAS

TENSÃO
 
A terça-feira, 1º de novembro, dois dias após o segundo turno da eleição presidencial, foi de tensão em vários pontos do País, com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro interditando vias em protesto contra o resultado das urnas que deram vitória ao candidato petista Luiz Inácio Lula da Silva. Em Belém não foi diferente. Os manifestantes chegaram a fechar as duas pistas da avenida Almirante Barroso por várias horas.
 
ENGARRAFAMENTO

Pela manhã, o protesto causou engarrafamentos, fazendo muita gente chegar atrasada ao trabalho. A avenida começou a ser liberada no início da tarde pela Polícia Militar, que chegou a usar gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes. O trânsito só foi normalizado após às 17h.  No interior do Estado, ainda há pontos de interdição, especialmente no oeste e sudeste do Pará. Em cidades como Marabá e Itaituba, o medo de desabastecimento levou muita gente aos postos de combustíveis.

PRF

DENÚNCIA
 
Após reunião realizada na tarde de ontem, integrantes do Ministério Público Federal do Pará enviaram ofício ao procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitando que o Supremo Tribunal Federal (STF) seja informado que no Estado a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estaria descumprindo ordem do ministro Alexandre de Moraes de desobstrução de rodovias e vias públicas. No documento, 20 procuradores da República afirmam que “a PRF não cumpriu seus deveres constitucionais nem as ordens judiciais e não justificou o fracasso das suas ações”.

ENEM

CUSTODIADOS
 
A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Pará (Seap) bateu o recorde do número de internos do sistema penal inscritos ao Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL), que dá ao custodiado a possibilidade de cursar o ensino superior por meio da Educação a Distância. Foram mais de 2,5 mil inscritos este ano, contra 1,7 mil no ano passado, um crescimento de 51%. Resultado do trabalho de educação intenso que a secretaria vem realizando com os apenados, que, dentro do cárcere, podem cursar desde a alfabetização até o pré-Enem e o ensino superior, quando aprovados no Enem.

EM POUCAS LINHAS

► Começa amanhã em Belém o III Congresso Norte Nordeste de Direito Comercial.

► O evento será no auditório do Sesc Boulevard e vai reunir palestrantes de vários pontos do País.

► Uma das palestras será conduzida pelo advogado Tadeu Alves Sena Gomes, que falará sobre “unidade produtiva isolada”. O painel será  presidido por Clovis da Gama Malcher Filho.

► Será realizada no próximo sábado, 5, a quarta e última edição do Círio Solidário 2022.

► Desta vez, o evento será na Paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio, no conjunto Satélite.

► O Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Belém, já disponibilizou para a comunidade as cartinhas das crianças carentes atendidas pela paróquia, com seus pedidos de presentes para o Natal.

► Quem puder e quiser ajudar pode se dirigir até a igreja, adotar uma carta e providenciar o presente, que será entregue no dia 17 de dezembro para as crianças, em meio a uma festinha antecipada de Natal.  Entre os pedidos mais comuns estão patins, patinetes, skates e bonecas.

► O Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, pode se tornar feriado nacional.

► O projeto, de autoria do senador Pedro Paim (PT-RS), foi aprovado no Senado e agora segue para a Câmara.

► A Secretaria Municipal de Saúde de Ananindeua fará, ao longo deste mês, mutirões para  exame preventivo ao câncer de colo de útero.

► O público-alvo são mulheres com idades entre 25 a 64 anos, que ainda não realizaram o exame em 2022.  

► O exame de PCCU detecta o câncer de colo de útero de forma precoce, o que é essencial para aumentar as chances de cura da paciente.

► Os mutirões serão realizados nas Unidades Básicas de Saúde todos os sábados de novembro, das 8h às 12h.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!