Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

twitter.com/reporter_70

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil.

'Vacinação é imprescindível para a retomada da economia', afirma Queiroga, ministro da saúde

Ele também fez elogios ao SUS e ressaltou a relevância do programa para o combate à pandemia

Repórter 70

Apoio à cultura
Produtores culturais têm até amanhã para se inscrever no edital Preamar da Paz, da Secult, que vai premiar 12 iniciativas.

Ajuda na pandemia
Projeto permite pagar assistência a vítimas da covid-19 com recursos do Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família.

(J.Bosco)

"Vacinação é imprescindível para a retomada da economia”

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, ao fazer elogios ao Sistema Único de Saúde (SUS), ressaltando sua relevância para o combate à pandemia e os reflexos das ações na economia do país, em meio a uma crise sanitária.

ELEIÇÃO

GOIANÉSIA DO PARÁ

Termina hoje o prazo para que candidatos à prefeitura de Goianésia do Pará que tiveram o registro de candidatura indeferido recorram da decisão. A eleição suplementar no município está marcada para o domingo, 3 de outubro. Os registros de candidaturas puderam ser feitos até 13 de agosto. Todos os pedidos foram julgados e agora começa a fase de julgamento dos recursos.

CASSAÇÃO

O município terá nova eleição porque o registro do candidato mais votado, Itamar Cardoso do Nascimento (Avante), foi cassado no Pará e a decisão foi referendada pelo Tribunal Superior Eleitoral em Brasília.  O eleito em 3 de outubro vai exercer o mandato até o dia 31 de dezembro de 2024.

DIREITOS

CRIANÇAS

A ampliação dos serviços do Disque 100, que recebe denúncias de maus-tratos contra crianças e adolescentes, e a capacitação de profissionais que atuam na Escola Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente (Endica) foram algumas das solicitações apresentadas ontem durante encontro de gestores dos Estados do Acre, do Pará, de Tocantins e de Roraima com representantes da Secretaria Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

AÇÕES

Outro tema do encontro foi a situação dos municípios em relação ao Fundo da Criança e do Adolescente e a melhoria das sedes dos Conselhos Tutelares. Os representantes do governo federal prometeram que haverá ampliação de ações para  proteção do público com idade inferior a 17 anos.

VIOLÊNCIA

COMBATE

O programa Territórios pela Paz (TerPaz)  completa hoje dois anos de atuação no bairro do Benguí, em Belém. O programa que consiste na presença ostensiva de serviços públicos nas áreas consideradas mais atingidas pela violência é uma das apostas do governo estadual para frear a criminalidade no Estado. De acordo com dados divulgados esta semana pela Câmara Técnica Intersetorial do TerPaz, em dois anos no Benguí, o programa já fez cerca de 54,4 mil  atendimentos com serviços que envolvem  36 secretarias, autarquias e fundações do Estado.

SERVIÇOS

São serviços nas áreas de saúde, capacitação técnica, subsídios para compra ou reforma de moradias, educação ambiental, crédito para empreendedorismo, entre outros serviços. As ações do TerPaz são realizadas atualmente nas escolas públicas, delegacias, centros comunitários e instituições parceiras.

ENERGIA

DESCONTO

O governo do Pará e a Equatorial Energia assinaram, ontem, Termo de Cooperação Técnica para localizar potenciais beneficiários do programa Tarifa Social de Energia Elétrica. Para encontrar pessoas que se encaixem nos critérios do Programa Tarifa Social, a Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda vai disponibilizar dados para que a distribuidora cruze as informações com sua base de cadastros. Cerca de 348 mil famílias podem ter acesso aos descontos de 10% a 65% nas contas de energia, mas ainda não se cadastraram no programa.

CIMENTO

PIRABAS

Concorrentes da empresa Nassau, a primeira fábrica de cimento a se instalar no Pará, em Capanema, já ensaiam suas ofertas para o projeto do novo distrito industrial que está sendo planejado para o município de São João de Pirabas, localizado no nordeste do Pará e bem próximo às imensas jazidas de calcário, a matéria-prima do cimento, abundante na região.

INTERESSE

Até o momento duas indústrias nordestinas são as principais concorrentes do Grupo Votorantim, que já manifestou interesse em se instalar na região. O cimento é um dos poucos insumos da construção que não sofreu alta expressiva nos últimos anos, e a expectativa é de que as jazidas próximas a Pirabas produzirão milhares de toneladas de cimento de boa qualidade.

EM POUCAS LINHAS

► A Academia Paraense de Letras publicou edital abrindo inscrições para duas cadeiras vagas. As cadeiras vagas eram ocupadas por Orlando Zoghbi e Jorge Arbage. Os candidatos têm até 15 de outubro para se habilitar.

► Quem mora em Salinas ou frequenta o balneário atlântico se ressente da falta de terminais bancários 24 Horas. Só há um disponível no município.

► Iniciado na gestão do desembargador Leonardo Tavares, em 2019, foi inaugurado na semana passada o novo prédio onde funcionará a Corregedoria Geral de Justiça, anexo ao edifício sede do Tribunal de Justiça. São 2.656 metros quadrados de área construída. O prédio abriga auditório com capacidade para 609 lugares.

► O ex-ministro do meio ambiente Ricardo Salles causou alvoroço ontem ao compartilhar, em suas redes sociais, post que cita prováveis nomes para concorrer ao Senado em 2022 com apoio do presidente Jair Bolsonaro. Na lista, além do próprio Salles, como eventual candidato por São Paulo, o nome da ministra Damares Alves que concorreria a uma vaga pelo Pará. As viagens frequentes da ministra ao Estado, especialmente ao Marajó, têm reforçado a tese que, por enquanto, é negada por Damares.

► O filho do governador do Pará, Helder Barbalho, Helder Filho, foi um dos jovens vacinados ontem em Ananindeua.

► Hoje, em Belém, haverá repescagem para quem nasceu entre 1992 e 2002 e perdeu a primeira chamada para a vacina contra a covid-19.

► Com a queda de casos graves de covid-19, foram desativados, no hospital regional do sudeste do Pará, os leitos que eram reservados exclusivamente para pacientes com a doença.   

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!