Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

twitter.com/reporter_70

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil.

'Reafirmo meu compromisso de bem e fielmente cumprir a Constituição e as leis do País'

Foi o que afirmou, ontem, o procurador-geral da República, Augusto Aras, em nota à imprensa. Aras comemorou a indicação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para a sua recondução ao cargo, que ainda precisa ser aprovada pelo Senado

Repórter 70

Prepare o balde!
Nove bairros de Belém ficarão sem água hoje e amanhã, das 22h às 5h, por causa de obras executadas pela Cosanpa.

Boa notícia
O preço do açaí começa a cair em alguns pontos de venda de Belém. Resultado do início da safra do fruto na região.

Augusto Aras (J. Bosco)

"Honrado com a recondução para o cargo de procurador-geral da República, reafirmo meu compromisso de bem e fielmente cumprir a Constituição e as leis do País.”

Foi o que afirmou, ontem, o procurador-geral da República, Augusto Aras, em nota à imprensa. Aras comemorou a indicação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para a sua recondução ao cargo, que ainda precisa ser aprovada pelo Senado.

AULAS

Belém

Diferentemente do previsto para a rede pública estadual, onde o retorno às atividades presenciais foi marcado para 2 de agosto, nas escolas municipais de Belém, a volta às salas de aula está agendada para a segunda quinzena de setembro. A Secretaria Municipal de Educação estima que esse seja o tempo necessário para que trabalhadores da educação tomem a segunda dose da vacina contra a covid-19. Ainda não há detalhes sobre o plano de retomada das atividades nas escolas, fechadas desde o ano passado.

Santarém

Em Santarém, a volta às aulas presenciais está prevista para agosto, começando com os alunos de quatro e cinco anos da pré-escola e do ensino fundamental um e dois. Os demais devem retornar na segunda quinzena de agosto. A princípio deve ser feito um rodízio semanal de turmas para reduzir o número de alunos nas unidades.

VACINAÇÃO

Suspensão

Seguem suspensas, desde a última segunda-feira, as campanhas de vacinação contra a covid-19 nos municípios de Belém e Ananindeua. E o motivo é a falta de imunizantes. Os novos calendários, por faixas etárias, devem ser anunciados tão logo seja feita nova distribuição das doses recebidas pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Distribuição

À coluna, a Sespa informou, ontem, que as doses serão distribuídas a partir de hoje para as cidades da Região Metropolitana de Belém e, a partir de amanhã, para os demais municípios. O órgão explicou que o envio dos imunizantes aos municípios não é imediato porque, quando a vacina chega ao Estado, é necessário passar por procedimentos de verificação dos lotes, cujas informações precisam ser inseridas no sistema informatizado da saúde pública.

TERRAS

Fraude

Um dia depois da divulgação do índice de desmatamento em terras da União na Amazônia, pelo Imazom, a Polícia Federal (PF) deflagrou a operação batizada de “Sesmarias” para desbaratar um esquema criminoso de grilagem de terras públicas. A área afetada pela quadrilha faz parte da reserva indígena Ituna-Itatá, entre os municípios de Altamira e Senador José Porfírio, no sudoeste do Pará. A PF cumpriu quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Araguaína (TO), Palmas (TO) e Brasília (DF).

Grilagem

Segundo as investigações da Polícia Federal, a quadrilha atuava invadindo áreas federais com restrição de uso para depois fazer doações ou venda dos lotes. Os dados oficiais são de que a organização criminosa tenha embolsado mais de R$ 1,7 milhão com fraudes cometidas entre os anos de 2018 e 2020. Os investigados serão indiciados pelos crimes de estelionato, organização criminosa, invasão de terra pública, lavagem de dinheiro e desmatamento de floresta nativa. A grilagem de terras é um dos principais empecilhos para a preservação ambiental na região amazônica.

PGR

Constituição

O anúncio feito ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, de que reconduzirá o atual procurador-geral da República, Augusto Aras, para mais um mandato de dois anos, vai aumentar a pressão para que o Congresso aprove emenda à Constituição prevendo que a escolha do chefe do Ministério Público Federal seja feita, obrigatoriamente, entre as opções apontadas na lista tríplice. Hoje, embora seja praxe levar esses nomes em conta, não há obrigatoriedade.

Transparência

Ao reconduzir Aras, Bolsonaro deixou de levar em conta a lista com três nomes mais votados pela categoria em eleição direta. Em nota divulgada ontem, após o anúncio da proposta de recondução de Aras, a Associação Nacional dos Procuradores da República, afirmou que “a formação da lista tríplice assegura transparência a um processo que culmina com a escolha política exercida pelo Presidente da República e um juízo de controle e ratificação pelo Senado, tudo resultando na independência que deve observar o PGR no exercício de suas funções junto ao Supremo Tribunal Federal e no modelo de controle do qual também faz parte o Ministério Público Federal”.

EM POUCAS LINHAS

► O governador do Pará, Helder Barbalho, usou as redes sociais para avisar que teve o celular clonado. O caso será investigado pela delegacia de crimes cibernéticos.

► É a segunda vez que o número de celular do governador é clonado.

► O calendário eleitoral avança e os climas interno e externo entre grandes partidos fica cada vez mais tenso.

► A previsão é de que, até outubro deste ano, haverá uma enxurrada de filiações e desfiliações. A conferir.

► O município de Belém liberou a vacina contra o vírus H1N1 para o público em geral, mas a procura tem sido baixa nos postos da capital.

► O Ministério Público do Pará e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente assinaram, ontem, termo de cooperação.

► O acordo prevê a troca de informações, compartilhamento de dados e uso de tecnologias pelos dois órgãos.

► A Prefeitura de Belém entregará hoje, após reforma, a Unidade Básica de Saúde da Ilha de Cotijuba.

► O governo anunciou ontem que os servidores públicos estaduais receberão os salários de julho a partir do próximo dia 28.

► Os primeiros a receber serão os inativos militares e pensionistas civis e militares.

► O pagamento do funcionalismo estadual encerrará na sexta-feira, 30, com a liberação dos salários dos servidores da Secretaria de Estado de Educação.

► O município de Salinópolis e a Ilha de Mosqueiro, distrito da capital paraense, lideram as solicitações de exames periciais durante a operação “Verão 2021”.

► Segundo o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, o aumento foi de 32% em relação ao segundo final de semana de julho.

► Salinópolis foi o município paraense que mais foi atendido pela perícia, com 22 solicitações, seguido de Mosqueiro, com 18.

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!