Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

twitter.com/reporter_70

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil.

'O meu nome é temperança e o meu sobrenome tem de ser equilíbrio'

Foi o que disse, ontem, o novo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progressistas-PI) ao se dirigir ao presidente Jair Bolsonaro durante a cerimônia de posse. Ele pregou a pacificação do País e disse que atuará no governo como um “amortecedor” diante de tantas 'trepidações'

Repórter 70

Nova legislação
O presidente Jair Bolsonaro sancionou, ontem, a lei que garantirá o combate à violência política contra a mulher.

Debaixo de sol
Com o calor intenso na capital, os ambulantes comemoram o aumento nas vendas de água mineral e refrigerantes.

Senador Ciro Nogueira (J. Bosco)

"Gostaria que toda vez que Vossa Excelência me visse, lembrasse de um amortecedor. O meu nome é temperança e o meu sobrenome tem de ser equilíbrio"

Foi o que disse, ontem, o novo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira  (Progressistas-PI) ao se dirigir ao presidente Jair Bolsonaro durante a cerimônia de posse. Ele pregou a pacificação do País e disse que atuará no governo como um “amortecedor” diante de tantas “trepidações”.

Água

Fria

Causou estranhamento na bancada paraense, nos representantes do Governo do Estado e juristas que acompanham o tema, a retirada de pauta do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) do projeto que poderia fazer justiça e atualizar o número de deputados federais do Pará com a atual população estadual. O julgamento estava pautado para hoje e, na noite de ontem, foi simplesmente retirado, sem justificativa e ou mesmo reagendamento para outra data.

Atualização

O Pará conta com 17 deputados federais e, com a atualização que deveria ser feita por lei pelo Congresso Nacional de acordo com o crescimento da população, passaria para 21. Mais do que maior representatividade no Legislativo, a alteração vai garantir mais recursos em emendas parlamentares para o Estado. O procurador-geral do Estado, Ricardo Sefer, já atua para que o projeto seja novamente pautado o quanto antes. Para valer para 2022, precisa ser julgado ainda este ano. O vizinho Maranhão, por exemplo, tem população menor que a nossa, mas tem mais deputados que o Pará.

PRESIDENCIÁVEL

Aldo Rebelo

O ex-ministro dos Esportes e ex-presidente da Câmara Federal Aldo Rebelo confirmou à coluna que é pré-candidato à Presidência da República. O lançamento oficial está marcado para o próximo dia 14, em evento no Sindicato dos Engenheiros de São Paulo. Rebelo, que está sem partido, não adiantou por qual legenda concorrerá. Também não falou em terceira via. Fala em candidatura independente. No próximo domingo, o ex-ministro publica artigo exclusivo em O LIBERAL. Tratará sobre projetos de infraestrutura importantes para o desenvolvimento da Amazônia como a construção da Ferrogrão, a ferrovia que vai interligar Cuiabá (MT) a Itaituba (PA).

MINERAÇÃO

Taxa

Em encontro com os governadores do Pará, Helder Barbalho, e de Minas Gerais, Romeu Zema, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, informou que até 8 de setembro será pautada, na Corte, a análise da constitucionalidade da taxa mineral. A cobrança é questionada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em nome das indústrias minerais. O fim da taxa causaria um rombo de R$ 500 milhões anuais aos cofres do Pará. Na conversa, os governadores falaram sobre a importância da taxa para a economia dos Estados que têm alta atividade mineral.

TECNOLOGIA

Representante

Indicado como representante da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o reitor da Universidade Federal do Pará, Emmanuel Tourinho, foi nomeado para integrar o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, cuja função é a de opinar sobre políticas públicas nas áreas de ciência e tecnologia. É comandado pelo presidente da República e formado por ministros de Estado, representantes da comunidade científica, além de usuários de ciência e tecnologia.

LEITOS

Ocupação

A taxa de 4,3% na ocupação de leitos clínicos em Belém, registrada no início desta semana, é a segunda mais baixa do ano. A primeira mais baixa foi a de 1,4%, registrada nos dias 26 e 27 do mês passado, e que é menor, inclusive, quando se compara ao mesmo período de 2020. Na avaliação da Sociedade Paraense de Infectologia, esse dado já é reflexo do avanço da vacinação que alcançou a imunidade completa nas faixas etárias acima de 60 anos e também nas pessoas com comorbidades, públicos com maior propensão à internação clínica e também nas unidades de terapia intensiva.

AULAS

Presenciais

Diferentemente do ensino fundamental e médio, que já bateu o martelo sobre aulas presenciais no Pará neste segundo semestre letivo, no ensino superior, as instituições ainda definem como será a volta às atividades.Instituições particulares farão retorno híbrido, parte presencial e parte remota. Ontem, o Comitê de Biossegurança da Universidade do Estado do Pará (Uepa) se reuniu para definir a retomada. A expectativa é que, conforme a vacinação avance nos municípios paraenses, as atividades voltem a ser 100% presencial a partir do primeiro semestre de 2022.

EM POUCAS LINHAS

 

► A deputada estadual Nilse Pinheiro (Republicano) deixou, ontem, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Belém, mas continua internada.

► Ela passou mal após a sessão da Assembleia Legislativa do Pará, na última terça-feira. Foi amparada pelo deputado Jaques Neves (PSC).

► Segundo boletim médico, Nilse chegou ao hospital com infecção e leve desidratação. A internação em UTI foi recomendada por causa do processo infeccioso.

► No ano passado, a deputada ficou 20 dias internada em um hospital para tratar as sequelas da covid-19.  

► O embarque aéreo doméstico de crianças e adolescentes com menos de 16 anos desacompanhados ou na companhia de apenas um dos responsáveis ficou mais fácil.

► Desde segunda-feira (2) é possível emitir a permissão de forma on-line, em todo o país, por meio da autorização eletrônica de viagem. O processo é feito pela plataforma e-Notariado (www.e-notariado.org.br).

► A deputada estadual Marinor Brito abriu mão da homenagem que receberia da Escola de Samba Mocidade Unida do Benguí.

► Marinor seria tema do samba da agremiação,  mas consultou advogados e chegou à conclusão de que o desfile poderia ser enquadrado como propaganda eleitoral antecipada,  o que poderia até inviabilizar uma candidatura no pleito do ano que vem.

► Em 2022, a parlamentar vai disputar uma vaga na Câmara Federal.  

► O governo federal economizou R$ 1,419 bilhão com o trabalho remoto de servidores públicos durante a pandemia da covid-19.

► O levantamento do Ministério da Economia analisa a redução dos gastos em cinco itens de custeio entre os meses de março de 2020 e junho de 2021: diárias; passagens e despesas com locomoção; serviços de energia elétrica; serviços de água e esgoto; e cópias e reprodução de documentos.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!