Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'O Brasil ainda tem 50 dias de diesel sem importar petróleo', afirma Adolfo Sachsida

O ministro de Minas e Energia fez a declaração em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado

Repórter 70

Formação de leitores
O presidente Jair Bolsonaro sancionou, ontem, a lei que estabelece o estímulo à leitura na educação básica.

Cadeia produtiva
O Fórum Nacional do Leite debate as perspectivas para o setor. O evento vai até hoje, em Brasília.

 

(J.Bosco)

 

"O Brasil ainda tem 50 dias de diesel sem importar petróleo.”

Foi o que disse, ontem, o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. Ele argumentou que o País está bem preparado para enfrentar eventuais restrições internacionais.

CONSERVADORES

Convenção

Integrante da base aliada do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), o Partido Social Cristão (PSC) marcou convenção estadual para o próximo dia 20. Nesta data serão sacramentados os candidatos da legenda que vão disputar as eleições gerais de outubro. Em nota, a direção do PSC afirma que, durante a convenção, “vai reforçar os valores que estão fazendo da legenda a casa do conservadorismo no Brasil” e que irão pautar o tom da campanha eleitoral. A direção diz ainda que o partido “trabalha para se tornar a referência para os eleitores conservadores”.

Apoios

No Pará, a legenda já decidiu que vai apoiar a candidatura do senador Zequinha Marinho (PL) ao Governo do Estado. O partido terá 18 candidatos à Câmara dos Deputados e 42 para a Assembleia Legislativa do Pará. Mário Couto será o nome apoiado para a disputa ao Senado. A convenção será na sede do Pará Clube, às 13h. Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções que definem as candidaturas às eleições de outubro. O prazo para requerer os registros junto à Justiça Eleitoral vai até 15 de agosto.

MULHERES

Ato

A Frente Pará contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto terá representante em evento marcado para hoje, na Câmara dos Deputados, em Brasília. O evento é organizado pela Frente Nacional contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto e pela Frente Parlamentar Feminista Antirracista com Participação Popular. Mulheres de diferentes cidades brasileiras seguiram nesta semana para Brasília para falar sobre o que consideram o agravamento da agenda conservadora com ataques e ameaças legislativas aos direitos reprodutivos e ao direito ao aborto legal.

Aborto

Em documento distribuído às mulheres, os grupos que fazem parte do movimento informam que o objetivo é despertar a atenção dos mandatos progressistas na Câmara dos Deputados e Senado para barrar a política criminalizadora expressa em diferentes projetos de lei em tramitação no Congresso, entre eles o que pretende dificultar o aborto legal em caso de estupro.

SAÚDE

Municípios

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com ação contra os municípios paraenses de Água Azul do Norte, Bannach, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D’Arco, Rio Maria, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara. O motivo é que as prefeituras dessas cidades não estão atualizando o banco de dados do Ministério da Saúde que deve ser usado pelos gestores para garantir a transparência em ações como a compra de medicamentos e artigos para a saúde.

Preços

Por esse sistema, a prefeitura, o governo estadual e o próprio ministério têm acesso aos preços praticados em todo o País, o que reduz, por exemplo, casos de vendas superfaturadas. A ação foi assinada pelo procurador da República Alan Mansur. Ele informou que antes de judicializar o caso, o MPF enviou recomendações aos municípios, mas estes não atenderam aos apelos do órgão. Na semana passada, o município de Prainha foi o primeiro a se comprometer com a Justiça a providenciar a inserção, no Banco de Preços da Saúde, dos dados de todas as compras de insumos para o setor.

MÉDICOS

Repúdio

O Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa) divulgou, ontem, uma nota pública para repudiar o crime praticado pelo médico anestesista Giovanni Bezerra, preso em flagrante por estupro. O caso foi registrado no Hospital da Mulher de São João de Meriti, no Rio de Janeiro, na segunda-feira, 11. Uma paciente foi estuprada durante procedimento para uma cesariana. Na nota, a entidade afirma que Bezerra se utilizou da profissão para praticar atos abomináveis, “vitimando pacientes em seu momento de maior fragilidade”. Também manifesta solidariedade às vítimas do que classificou como “ato vil praticado por alguém que não merece ser denominado médico”.  

Em Poucas Linhas

► Após reforma, a Prefeitura de Belém vai reinaugurar, amanhã, o Complexo Turístico Ver-o-Rio. O espaço foi reformado graças à demanda apresentada nas plenárias do programa “Tá Selado”, onde os moradores definem as prioridades para a gestão municipal. Foram investidos R$ 998,5 mil nas obras do espaço.

► Hospitais particulares de Belém reativaram alas exclusivas para pacientes com covid-19. Também abriram mais vagas nas Unidades de Terapia Intensiva para os contaminados pelo novo coronavírus. Idosos com comorbidades formam a maioria dos casos graves que precisam de internações.    

► O Ministério Público do Pará (MPPA) expediu recomendação à Secretaria Municipal de Saúde de Belém pedindo que sejam feitas melhorias na Unidade Básica de Saúde do Curió. O documento foi assinado pela promotora de Justiça Elaine Castelo Branco, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Direitos Constitucionais Fundamentais e dos Direitos Humanos. A medida foi tomada após visita técnica feita no espaço pelo Grupo de Apoio Técnico Interdisciplinar do MPPA. Entre as medidas que devem ser tomadas está a contratação de médicos e dentistas. O município tem até 30 dias para atender a recomendação do MPPA.

► O Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) inaugurou, ontem, o auditório “Desembargador Otávio Marcelino Maciel”, no prédio da Ouvidoria Agrária. A denominação é uma homenagem ao primeiro ouvidor agrário do TJPA.

► A Agência Nacional de Vigilância Sanitária revogou a decisão de interdição e recolhimento de lotes de vários fabricantes do losartana, medicamento para pressão alta.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!