Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'Não somos mais a terceira via, somos a via única', afirma a senadora Simone Tebet

Ela disse que somente uma chapa única de centro é capaz de impedir a polarização da disputa entre Bolsonaro e Lula

Repórter 70

Triste realidade
Furtos de comida e de itens de higiene são a maioria dos casos em mais de 3 mil ações julgadas pelo STF, desde 2010.

Demanda na pandemia
Planos de saúde podem ter reajustes de até 18% neste ano, o maior em 20 anos, de acordo com estudos sobre custos do setor.

Senadora Simone Tebet (MDB-MS) (J. Bosco)

"Não somos mais a terceira via, somos a via única”

SIMONE TEBET, senadora e pré-candidata do MDB à Presidência, afirmou que somente uma chapa única de centro é capaz de impedir a polarização da disputa entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O grupo formado por MDB, União Brasil e PSDB anunciou que terá apenas um candidato ao Planalto. O nome será definido até maio.

PARAZÃO

REPERCUSSÃO
 
Teve grande repercussão na imprensa nacional e nas redes sociais o absurdo apagar das luzes do estádio da Curuzu, durante a comemoração da equipe do Remo pela conquista do título do Parazão 2022, em jogo contra o Paysandu. As imagens viralizaram gerando protestos até de quem não costuma acompanhar futebol. Além do desrespeito com o Clube do Remo, com os torcedores e patrocinadores que não tiveram suas marcas expostas durante a premiação.
 
RISCO
 
Como bem pontuou a presidente em exercício da Federação Paraense de Futebol, Graciete Maués, o ato colocou em risco equipes médicas e de segurança que ainda estavam no local. Em caso de qualquer ocorrência, estes profissionais teriam que atuar às escuras. Felizmente não houve maiores consequências, mas faltou “fair play”.

MACRODRENAGEM

AUTORIZAÇÃO
 
A Comissão de Financiamentos Externos, órgão ligado ao Ministério da Economia, aprovou ontem a captação de recursos para 22 projetos de infraestrutura em vários Estados brasileiros. Entre eles, está a macrodrenagem da bacia hidrográfica do igarapé Mata Fome, em Belém, obra a ser executada pelo município. Os recursos serão de 60 milhões de dólares, algo em torno de R$ 300 milhões, e virão do Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), com contrapartida dos cofres da Prefeitura.
 
SANEAMENTO
 
A aprovação pela Comissão é um passo importante para que a prefeitura de Belém consiga captar os recursos e dar início às obras, que, de acordo com o projeto, serão divididas em três fases, com micro e macrodrenagem, sistema viário e urbanização. A bacia do Mata Fome, no bairro do Benguí, abrange cerca de 8,3 quilômetros de canais, distribuídos por uma área de 535,03 quilômetros quadrados.

URBANISMO

CONCURSO
 
O arquiteto pernambucano Fabiano José Arcadio Sobreira foi o vencedor da etapa preliminar do concurso, lançado pela prefeitura de Belém, para escolher o projeto urbanístico do igarapé São Joaquim, na bacia do Una. Assim como a macrodrenagem do Mata Fome, a obra será executada pelo município de Belém com recursos captados junto a instituições que financiam projetos de infraestrutura em países em desenvolvimento.

PROJETO

O projeto, alvo do concurso, prevê obras de mobilidade e acessibilidade urbana, arquitetura e urbanismo. José Sobreira atua em um escritório com sede em Brasília e a escolha foi feita por um júri formado por especialistas de várias partes do País.

REDE

CAMPANHA
 
A Justiça Eleitoral está de olho na chamada pré-campanha. Com o fim da janela partidária e do prazo para filiações partidárias e definição de domicílios eleitorais, muitos políticos já estão colocando o bloco na rua, antes do período permitido pela lei eleitoral. Em Belém, aumentou, consideravelmente, o número de outdoors alusivos a aniversários de pré-candidatos, mas onde a campanha tem esquentado mesmo é nas redes sociais, onde os políticos intensificaram o volume de postagens.

FAKE

AMAZÔNIA
 
A empresa Meta, dona de redes sociais como Facebook, anunciou ontem que derrubou 14 perfis falsos e nove páginas na rede, além de 39 contas no Instagram por propagarem informações falsas sobre o desmatamento da Amazônia. Segundo a Meta, as contas eram usadas para “distorcer o debate público relacionado a questões ambientais”.  Além do Brasil, foram derrubadas contas no Azerbaijão, Rússia e Ucrânia, além de  Irã, Costa Rica e  Filipinas.

MINERAÇÃO

DIRETORES
 
O Plenário do Senado aprovou, em sessão realizada ontem, o nome indicado para o comando da Agência Nacional de Mineração (ANM). Mauro Henrique Moreira de Sousa será o novo diretor-geral da agência reguladora. Ele assume o lugar de Victor Hugo Froner Bicca, que teve o mandato encerrado em dezembro do ano passado. Sousa tem passagem pelo Instituto Nacional de Previdência Social, Caixa Econômica, Ministério Público da União e pelo Ministério de Minas e Energia.

Em Poucas Linhas

► A Assembleia Legislativa realizará no próximo dia 18, a partir das 9 horas, sessão especial para debater políticas públicas em nível de Estado voltadas ao breaking, a nova modalidade olímpica. O autor do requerimento para a solenidade é o deputado Raimundo Santos (PSD), que encaminhou convite ao presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley Teixeira, e ao presidente do Conselho Nacional de Dança Desportiva (CNDD), Patric Tebaldi.
 
► O uso de um medicamento que está revolucionando o tratamento de um dos tipos mais comuns de câncer de mama foi o tema de aula on-line com participação de dois dos oncologistas mais renomados do mundo, o brasileiro Antônio Buzaid e a norte-americana Shanu Modi. Os médicos do Centro de Tratamento Oncológico foram os únicos da região Norte que tiveram a oportunidade de interagir, ao vivo, com os palestrantes.

► O açaí nosso de cada dia, que já vinha com preço nas alturas, praticamente desapareceu de vários pontos da cidade.  A grande quantidade de chuvas e a entressafra estariam entre as causas.

► A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Pará realizou na semana passada solenidade de posse da nova diretoria e Conselho Subseccional da OAB de Santarém, oeste do Estado. A subseção de Santarém abrange os municípios de Alenquer, Belterra, Curuá, Mojuí dos Campos e Rurópolis. Foram empossados Ítalo Melo de Farias (presidente), Panysa Monteiro Marinho (vice-presidente), Gilmara Dias Bruce (secretária-geral), Janecy Pereira Alves (secretária-geral adjunta), Alan Silva dos Reis (diretor-tesoureiro).

 ► A Fundação Cultural do Pará divulgou ontem o resultado inicial dos habilitados ao processo seletivo do Programa Estadual de Incentivo à Cultura (Semear) 2022. Os interessados que desejarem recorrer do resultado terão cinco dias, a contar da publicação da lista e habilitados no Diário Oficial do Estado.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!