Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

twitter.com/reporter_70

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil.

'Não serei eu que vou cassar os limites políticos do presidente Lula', diz Haddad sobre Lula

Repórter 70

Projetos de esporte
Comissão da Seel visita o município de Bagre, no Marajó, para incentivar o potencial esportivo na localidade.

Carnaval adaptado
Com o decreto estadual que restringe aglomerações neste Carnaval, famílias se preparam para a folia em casa.

Fernando Haddad (J. Bosco)

"Não serei eu que vou cassar os limites políticos do presidente Lula”

FERNANDO HADDAD, ex-prefeito de São Paulo e possível nome do PT para disputar as próximas eleições, ao se esquivar sobre o julgamento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva na operação Lava Jato. Nas últimas semanas, Lula orientou Haddad a percorrer o Brasil, se apresentando como pré-candidato do PT à Presidência da República para 2022.


CPI

SAÚDE

De autoria do senador amapaense Randolfe Rodrigues (Rede), o pedido de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação do governo federal nas ações de combate à pandemia da covid-19 já tem 32 assinaturas. Dos paraenses, apenas Paulo Rocha (PT) subscreveu o documento até agora. A expectativa entre os oposicionistas que atuam para instalar a CPI é de que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), leia o requerimento durante a sessão da próxima quinta-feira, 18, dando o pontapé inicial para a formação da comissão.          

ISONOMIA

OESTE PARAENSE

Lideranças políticas do oeste do Pará estão se unindo em um movimento para ir a Brasília pedir ao ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, isonomia no tratamento da região em relação, por exemplo, ao Estado do Amazonas, que passa por situação parecida com o aumento de casos da covid-19 com a presença da variante P-1 do novo coronavírus.

Promessa

Fontes da região lembram que o ministro prometeu vacinar toda a população de Manaus com mais de 50 anos por causa da nova variante e que os 14 municípios do Baixo Amazonas paraense estão em lockdown há duas semanas, justamente, pelo aumento de casos provocado pela mesma variante de Manaus, considerada mais transmissível.

LOCKDOWN

O comitê de crise para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus em Santarém determinou que o município vai acompanhar o decreto do Governo do Estado e estender o lockdown até o próximo dia 19 de fevereiro. Já em Oriximiná, o prefeito Delegado Fonseca, que obrigado pela Justiça a aderir ao lockdown decidiu ir ainda mais longe: decretou lei seca no município até o fim do Carnaval.

AUXÍLIO

FAMÍLIAS

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, assina ainda nesta semana o decreto que regulamenta o pagamento, pelo município, de um auxílio para famílias em situação de extrema vulnerabilidade. O programa batizado de “Bora Belém” foi a principal promessa de campanha de Edmilson. O projeto já foi aprovado na Câmara de Vereadores e é uma parceria entre o município e o governo do Pará. O início do pagamento é esperado ansiosamente por famílias que estão excluídas do Bolsa Família e perderam o auxílio emergencial que vinha sendo pago pelo governo federal.

VARIANTE

CORONAVÍRUS

O Instituto Evandro Chagas, com sede em Belém, será uma das instituições que farão parte da Rede Nacional de Sequenciamento Genético, criada para investigar mutações e diferentes linhagens do novo coronavírus que circulam pelo Brasil. A rede será coordenada pelo Ministério da Saúde. Na fase piloto, serão analisadas 1,2 mil amostras do vírus, coletadas em todos os Estados brasileiros. Além do Evandro Chagas, o trabalho será realizado pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, e laboratórios Centrais (Lacens) da Bahia e de Minas Gerais. O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, afirma que “a vigilância e o acompanhamento dessas mutações ajudarão na resposta do Sistema Único de Saúde para o controle da pandemia no país”.

AULAS

PRESENCIAIS

A Justiça Estadual do Pará concedeu, a pedido do Ministério Público Estadual, liminar determinando que jovens que estão em unidades socioeducativas voltem a ter aulas presenciais. A medida estabelece prazo de 48 horas para que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) cumpram a decisão sob pena de pagamento de multa diária de R$ 10 mil por dia de atraso. A ação foi movida pelo promotor de Justiça da Infância e Juventude, Antônio Lopes Maurício. Segundo ele, “a educação dos jovens que cumprem medidas nas Unidades de Atendimento Socioeducativo (Uase) apresentava problemas, mas piorou durante a pandemia, com a paralisação completa das aulas desde março de 2020”.  

MOTIVOS

O promotor argumentou também que “não há motivos para não voltar às aulas presenciais, seguindo os protocolos sanitários, pois não há aglomeração nas salas de aula, que contam com 2 a 4 alunos por turma e contato reduzido entre as pessoas”. Cabe recurso.

EM POUCAS LINHAS

O Comitê de Incentivo à Participação Feminina do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região realizará, nos dias 5 e 8 de março, dois eventos para comemorar o Mês da Mulher.

► O primeiro realizado em parceria com a Associação de Magistrados do Trabalho, e terá a participação da presidente da instituição, desembargadora Graziela Leite Colares.

► No Dia Internacional da Mulher, será um painel com a ativista Eliana Perdigão, a juíza do Tribunal de Justiça do Pará, Reilane Oliveira, e a analista judiciária Riane Freitas, ambas integrantes do Comitê Deliberativo de Participação Feminina do Poder Judiciário paraense.

► Os três casos da variante P-1 do novo coronavírus registrados em Óbidos, no oeste do Pará, ocorreram no mês de janeiro, na mesma família. Todos foram tratados e já receberam alta.

► Em parceria com a Fundação Roberto Marinho, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) vai implantar o projeto “Maleta Juventudes” que contém programas, textos e temáticas com o objetivo de desenvolver um diálogo sobre a juventude brasileira.

►O programa será comandado por multiplicadores capacitados na modalidade ensino a distância e terá o acompanhamento e avaliação da Segup.

► O Hospital de Campanha de Belém, no Hangar,  já atendeu, até agora, 3.899 pacientes. Desses, 2.654 receberam alta e 859 morreram. Houve ainda 252 casos de pacientes transferidos para outras unidades de saúde.

► Fique atento: começa a valer, a partir de hoje, a lei que proíbe a distribuição de sacolas plásticas nos supermercados do Pará.  

► São cada vez mais amistosas as relações do governador Helder Barbalho (MDB) com o presidente do DEM no Pará, deputado federal Hélio Leite, reforçando as especulações de uma inusitada aliança em 2022.

► O DEM é o partido de Márcio Miranda, derrotado por Helder em 2018.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!