Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'Não existe hoje nenhum grupo político com poder de desestabilizar as instituições', diz Lewandowski

A frase do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), minimizou a crise institucional vivida na semana passada entre a Corte e o Palácio do Planalto e saiu em defesa da Justiça Eleitoral

Repórter 70

Polêmica indigesta

Notificado pelo Procon, o McDonald’s irá tirar do cardápio os “novos McPicanha”. Apesar do nome, eles não têm picanha.

Informalidade no país

O Brasil alcançou taxa de informalidade de 40,1% no mercado de trabalho, no trimestre até março de 2022, aponta a Pnad Contínua.

Ricardo Lewandowski (J Bosco)

“Não existe hoje nenhum grupo político com esse poder de desestabilizar as instituições”.

A frase é do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que minimizou a crise institucional vivida na semana passada entre a Corte e o Palácio do Planalto e saiu em defesa da Justiça Eleitoral.

Vacina

Reforço

Mais de 200 voluntários da Região Metropolitana de Belém foram acompanhados durante um ano por pesquisadores do Instituto Evandro Chagas que, em parceria com a Universidade de Queensland, na Austrália, avaliaram a real necessidade de doses de reforço contra a covid-19. Os resultados, recém-publicados na revista suíça Vaccines, atestaram a necessidade da terceira e de outras possíveis doses da vacina devido à queda de anticorpos contra o coronavírus.

Momento

De acordo com os pesquisadores, a queda de imunidade começa a ser observada após alguns meses do pico de produção de anticorpos. O auge da imunidade varia de quatro a seis meses após a vacinação. O trabalho do Instituto Evandro Chagas, assim como outros semelhantes, colabora para o planejamento da estratégia de vacinação dos países, identificando que a aplicação do reforço na população deve ser feita antes da queda dos anticorpos, para que a resposta imunológica seja mais efetiva.

Auditoria

Contas

Um relatório preliminar, feito por auditoria da Secretaria de Controle Interno do Município de Belém (Secont), apontou que entre 2017 e 2020 a Secretaria de Saúde pagou R$ 86 milhões para a empresa Brasil Serviços Gerais Ltda., sem a devida cobertura contratual. Os pagamentos foram referentes aos serviços de limpeza, conservação e manutenção, além de fornecimento de mão de obra, material de consumo, utensílios e equipamentos para unidades da Sesma. Os pagamentos sem a cobertura contratual teriam sido, segundo a auditoria, autorizados pelo então titular da pasta, Sérgio de Amorim Figueiredo. Os documentos serão enviados para o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e podem dificultar a aprovação das contas do gestor. A Secont realiza uma série de auditorias e novos relatórios devem chegar ao TCM nos próximos meses.

Churrasco

Recorde

Gaúchos residentes em vários Estados brasileiros e que fazem parte dos famosos centros de tradições gaúchas (CTGs) começam a preparar as malas para desembarcar em Parauapebas, onde irão ajudar o município a conseguir uma façanha: bater o recorde na realização do maior churrasco do mundo. A ação faz parte da programação de aniversário de 34 anos de emancipação da cidade, a ser comemorado no próximo dia 10 de maio.

Registro

Uma equipe do Guinness Book estará presente para acompanhar o desafio. Serão 20 toneladas de carne, que renderão 1,2 mil costelões. Para o recorde ser batido, mais de 60 mil pessoas precisam degustar o churrasco. O recorde atual é de 600 costelões consumidos em um só dia.

Mulheres

Política

Em pesquisa divulgada na semana passada pelo Instituto Alziras, com o apoio da Fundação Konrad Adenauer e em parceria com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), a Associação Brasileira de Municípios (ABM) e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) apontam que o avanço da representatividade feminina à frente das prefeituras brasileiras ainda é tímido, sobretudo nas capitais e municípios de maior dimensão populacional. Apesar de representarem a maioria da população e 52% do eleitorado brasileiro, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as mulheres governam para apenas 9% da população e se concentram em municípios menores.

Violência

O censo evidencia que 66% das prefeitas administram municípios com até 20 mil habitantes e apenas uma capital brasileira, Palmas, no Tocantins, tem uma mulher à frente do executivo municipal. Mas a pesquisa revelou também um agravante assustador: 58% das prefeitas afirmam ter sofrido assédio ou violência política, sendo que metade não registrou queixas ou boletim de ocorrência. Dessas, 40% não acreditam na eficácia da apuração das denúncias sobre esse tipo de violência. Dentre as que registraram denúncias, metade considera que os casos não contaram com a devida apuração e responsabilização dos agressores. Já 66% delas relatam como violências mais frequentes aquelas ocorridas nas redes sociais, contudo, apenas 50% utilizaram os mecanismos de denúncia das plataformas para se defender.

Em poucas linhas

Como parte das comemorações pelo Dia do Trabalhador, o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região promoverá, no próximo dia 6, encontro para debater sobre diversidade e o mundo do trabalho.

Na pauta, a empregabilidade do público feminino, de pessoas com deficiência e da população trans.

O evento, no auditório do TRT, será aberto às 8h30 com aula magna da professora Zélia Amador de Deus.

Pré-candidato ao Senado pelo PT, o deputado federal Beto Faro recebeu na semana passada mais de 40 prefeitos paraenses, além de secretários e vereadores que estavam em Brasília participando da 23ª marcha nacional dos prefeitos.

Os prefeitos buscavam recursos para os municípios, mas também foram conversar sobre o futuro e as eleições de outubro.

O Núcleo de Atendimento ao Eleitor do Tribunal Regional Eleitoral estará aberto hoje, das 8 às 13 horas, para quem ainda precisa tirar o título ou regularizar o documento. O prazo para atualização do cadastro, para quem deseja votar neste ano, termina na quarta-feira, 4 de maio.

Neste domingo, Dia do Trabalhador, o Serviço Social da Indústria (Sesi) realiza as suas já tradicionais Corrida e Caminhada do Trabalhador, pelas ruas de Belém, este ano com programação especial pelos 30 anos da corrida no Pará. A iniciativa tem apoio da TV Liberal.

Os dois eventos são também um retorno das atividades esportivas após dois anos de pausa devido à pandemia da covid-19. As provas terão a concentração no Portal da Amazônia, a partir das 4h.

O Sesi também fará ações pela data no interior, com passeio ciclístico nos municípios de Altamira, Barcarena, Castanhal, Marabá, Santarém e Paragominas.

Será no dia 17 de maio, e não 20, a cerimônia de entrega do troféu Romulo Maiorana aos destaques do esporte no Estado.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!